21/10/2021 às 14h51min - Atualizada em 22/10/2021 às 00h02min

60% das mulheres europeias não sabem como se auto-examinar para ver se há câncer de mama

Outubro é o mês do câncer de mama e, no dia 19 de outubro, é o Dia Internacional contra a doença

SALA DA NOTÍCIA Gleeden
https://br.gleeden.com/
Wayhomestudio

​As mulheres permanecem desinformadas sobre a detecção do câncer de mama, especialmente as mulheres jovens. Na verdade, 60% delas não sabem como fazer para detectá-lo. Esses dados vêm do estudo - em escala europeia - realizado pelo IFOP (Instituto Francês de Opinião Pública) e o Gleeden, a principal plataforma de encontros extraconjugais pensados por e para mulheres, que não quer apenas quebrar tabus em relação à sexualidade feminina, mas também se preocupa com eles.

Os dados revelam que 44% das mulheres nunca foram examinadas para câncer de mama, enquanto 33% delas nunca apalpam os seios para detectar algo fora do comum.

Diante destes dados, e aproveitando a celebração do Dia Internacional contra o câncer da mama, o Gleeden, em conjunto com a CERHOM - associação de luta contra o câncer, decidiu lançar uma campanha europeia de sensibilização sobre todas as formas de detecção do câncer da mama, o mais comum em mulheres.

A campanha consiste na produção e divulgação - através do YouTube e outras plataformas online - do curta-metragem “Un film de breasts”, obra do realizador francês Antoine de Bujadoux, com foco na detecção do câncer da mama por meio do autoexame, para sensibilização sobre ele e as outras maneiras que existem para detectá-lo.

Protagonizado pelas atrizes Malika Ménard, Eléonore Sarrazin e Marie-Christine Adam, o curta-metragem – em francês com legendas disponíveis  – acontece numa padaria, onde mulheres brincam com bolos e merengues com duplo sentido, para explicar, de forma divertida e descontraída, os gestos de como se autoexaminar.

O objetivo da campanha não é trivial, visto que, se detectado precocemente, o câncer de mama tem uma taxa de cura de 87%.

“Temos a convicção de que é fundamental conhecer os gestos de autodetecção do câncer de mama desde cedo, e não só a partir dos 40, porque é muito simples e pode salvar vidas”, afirma Sílvia Rubies, gerente de comunicação do Gleeden na Espanha. "Por este motivo, estamos especialmente satisfeitos que esta mensagem tenha ganhado vida e possa ser espalhada para o maior número possível de mulheres."

​Para ver o vídeo, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=5N0IZo-uZBI 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »