20/10/2021 às 15h25min - Atualizada em 20/10/2021 às 16h21min

Startups estão ajudando empresas no retorno ao trabalho híbrido e presencial

Empresas começam a se programar para voltar aos escritórios, ou pelo menos adotar o modelo híbrido

SALA DA NOTÍCIA Paula Cristina Carneiro de Araujo
Israel Andrade

Com o avanço da vacinação no Brasil, que já passou da marca de 50% da população imunizada com as duas doses ou com a dose única, as empresas e instituições já começam a se programar para voltar aos escritórios, ou pelo menos adotar o modelo híbrido. Cerca de 40% dos empresários acreditam que o retorno das atividades presenciais deve acontecer ainda este ano, segundo pesquisa divulgada pela KPGM. Para ajudar no planejamento, as empresas têm contado com a ajuda da tecnologia e de soluções de startups, veja abaixo quais são elas.

 

1 - Comunica.in 

Uma comunicação clara e simples é primordial para impactar os colaboradores da maneira certa, e por isso, o Comunica.In, startup especializada em employee experience, que ajuda empresas a engajar talentos por meio de experiências mais completas, garante assertividade para atingir as pessoas certas, se adequando a realidade dos mais diversos perfis de empresa, já que possui mais de 40 recursos de edição e filtros desenvolvidos de forma estratégica focados na segmentação de conteúdos em múltiplos canais. Cada comunicado conta com análises de desempenho em tempo real, em um dashboard que traz informações básicas, como aberturas e cliques, mas também conta com reações, horários de melhor engajamento e discriminação de resultados por times e grupos da empresa.

 

Além disso, a startup ainda possui um hub de soluções que permite que o colaborador acesse suas informações corporativas direto no celular ou desktop, e possibilita velocidade na comunicação e também nas rotinas do dia a dia A empresa iniciou sua operação em 2017 e já beneficiou grandes instituições, como Tok&Stok, Volvo, ViaVarejo, Bayer e Electrolux. As soluções desenvolvidas pela startup garantiram uma redução de 37% no gasto de tempo com as antigas atividades operacionais das empresas ao longo de um mês.

 

2 - Escala

Fundado em 2016 dentro do Laboratório de Inovação do Hospital Albert Einstein, o Escala é uma solução completa que possibilita transparência às gestões e agilidade na elaboração de escalas de trabalho, plantões e turnos. Seus serviços orientam e evitam passivos trabalhistas e falhas na comunicação, turnover e insatisfação do colaborador, alocação inadequada da força de trabalho, erros nos dados de pagamentos e, principalmente, tempo gasto com gestão. Atualmente, possuem mais de 100 mil usuários e já impactaram mais de 250 empresas, entre elas estão JSL, Amil, Luft, James Delivery, Unimed FESP e Hospital Santa Catarina.

 

Recentemente, com o avanço da vacinação e no contexto de volta aos escritórios, a startup criou uma nova solução, o Escala Espaços, para ajudar as empresas que estão com o planejamento de retorno do trabalho presencial e, principalmente, para as que vão optar pelo modelo híbrido. Em resumo, o software serve para organizar as posições de trabalho e as equipes, separando o escritório de acordo com o limite de profissionais que o espaço pode comportar e criando uma nova dinâmica de trabalho a partir de escalas que misturam o presencial com o home office.


3 - Bee Touch

É impossível voltar ao trabalho como se nada tivesse acontecido, é importante, nessa hora, levar em conta que a maioria dos colaboradores vai voltar aos escritórios com novas histórias, algumas felizes e muitas tristes, já que durante a pandemia muitos tiveram contato com o luto e a perda de familiares e amigos. É neste contexto que a BeeTouch, mental healthtech que mensura riscos em empresas e instituições por meio de dados e tecnologia, torna-se tão importante. 

 

Todo o trabalho relacionado à saúde mental que tanto se falou durante a pandemia, deve se prolongar no retorno ao trabalho, já que é importante ajudar as empresas com trabalhos preventivos e não apenas paliativos. Nesse sentido, a Bee Touch possui plataformas como o Estressômetro, que torna-se possível avaliar o nível de estresse do colaborador, e se há algum sinal amarelo ou vermelho que ele possa vir a ter algum problema de ansiedade ou estresse relacionado ao trabalho; a CARE, que possui um chatbot - através de algoritmo proprietário - para rastreio dos fatores psicossociais do trabalho e estresse entre servidores públicos federais; e a AVAX Psi, a primeira plataforma digital de avaliação psicológica do Brasil, que cruza dados sobre saúde mental e analisa os resultados a partir de uma metodologia proprietária. Todos são feitos e executados por meio de dados e podem garantir um diagnóstico antecipado do colaborador, evitando que ele se exponha e também que a empresa tenha prejuízos com faltas e afastamentos.


4 - Sputnik

Fundada em 2014 e parte do Grupo Perestroika, a Sputnik é uma das maiores escolas corporativas do Brasil e leva às empresas conteúdos relevantes de maneira original e disruptiva. Seus serviços carregam conceitos, ferramentas e reflexões alinhados a valores contemporâneos, e podem ser explorados por  meio de palestras, cursos, experiências presenciais e online. Atualmente, já formou mais de 34 mil alunos e impactou mais de 350 empresas, entre elas estão Google, Facebook, Globo, Boticário e Ambev.

 

Pensando no futuro do trabalho, a Sputnik lançou o HÍBRIDO, uma jornada educacional para empresas, que lança luz (e soluções!) a respeito das principais dores do retorno ao escritório, como sensibilização das lideranças, ferramentas necessárias para novos modelos de trabalho e saúde mental. 


 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »