20/10/2021 às 14h20min - Atualizada em 20/10/2021 às 15h22min

Marketing de permissão: o que é e como fazer

SALA DA NOTÍCIA Victor
 

O marketing de permissão diz respeito ao conjunto de ações de publicidade veiculados com autorização da pessoa envolvida.

Sendo que o principal objetivo a ser atingido com esse marketing é a obtenção do consentimento, que permitirá a você se aproximar do potencial cliente por meio de e-mails, newsletter (cartas sobre novidades) e mensagens diretas.

Imagine que o potencial cliente visitou seu site recentemente e você é um fornecedor de alimentos sem glúten. Tem um novo produto que você deseja mostrar a esse cliente por e-mail ou mensagem no Whatsapp. Só poderá fazê-lo com a autorização prévia.

No passado, o consumidor e cliente final era atingido em massa por veiculação de propagandas em todos os meios possíveis de comunicação.

Com o advento da Lei de Proteção de Dados na internet (LGPD), promulgada em 2018, os dados dos cidadãos passaram a ser mais protegidos, sendo necessária a autorização para uso e divulgação das pessoas.

Neste novo cenário, as empresas tiveram de se adaptar para não veicular em massa as propagandas e deixar o marketing restrito à autorização de cada pessoa.

Por exemplo: se você tem uma empresa de painéis elétricos e deseja chegar ao seu cliente por meio de e-mail e apresentação de novidades pela newsletter, vai precisar do consentimento para que possa fazê-lo.

Este tipo de marketing se aplica mais aos meios que tem como foco o uso para comunicação pessoal como:

  • Aplicativos de mensagens;
  • E-mail;
  • SMS;
  • Mensagens em chats dos sites;
  •  Ligações telefônicas.

Com a LGPD, o consumidor passou a ter o controle maior de seus dados, o que o permite evitar possíveis divulgações em massa, até mesmo importunas, em seus meios de comunicação.

O marketing de permissão é importante para que apenas quem realmente deseja receber seus anúncios seja contemplado, evitando o infortúnio de disparo para aqueles que não desejam receber as mensagens.

Vantagens do marketing de permissão

Aqui reunimos 3 principais benefícios a serem obtidos por meio deste tipo de marketing: aumento do número de conversões (acessos em compras), aumento da credibilidade e confiança na marca e redução de custos e maior assertividade.

Aumento do número de conversões

Como as estratégias de marketing são direcionadas para um público que autorizou recebê-las, a tendência é que ele seja interessado em produtos e serviços que você dispõe.

Assim, com a veiculação de e-mails e mensagens personalizadas, seu cliente pode acessar o site e facilmente efetuar compras, pelo interesse prévio já demonstrado.

Suponha que você gerencia uma empresa de manutenção de compressores e seu cliente final são empreendimentos que possuem e usam compressores, como construtoras.

Se o gestor dessas construtoras permitir o envio de e-mails e mensagens, é porque tem algum interesse em produtos futuramente, e a personalização destas estratégias de marketing pode ser essencial para a conversão. 

Aumento da credibilidade e confiança na marca

Quando é solicitado o consentimento do público, é fato que isso passa uma imagem de empresa séria e confiável, que não fará uso de informações do cliente de modo indevido e obscuro.

Além disso, a marca demonstra que não quer apenas veicular anúncios no modo disparo, mas sim chegar aos clientes que desejam ter acesso à publicidade. Assim, as pessoas se sentem respeitadas e confiam mais na marca, estabelecendo um bom relacionamento.

Imagine que você é dono de uma distribuidora de produtos para piscina e solicitou autorização do seu cliente para veicular anúncios nos meios de comunicação pessoal.

O seu cliente autoriza e se sente respeitado, o que aumenta as perspectivas a respeito de sua empresa, atraindo mais o consumidor para futuras compras.

Assertividade e redução de custos

Como o marketing nos meios pessoais é mais direcionado para aqueles que têm algum interesse nos seus produtos e serviços, as campanhas tendem a gerar mais resultados, o que evita a dispersão de recursos em publicidade, que não geram retorno.

Disparar e-mails e newsletters para um público específico e selecionado por meio do interesse na sua empresa reduz os custos com o disparo dessas mensagens, e torna a conversão algo com maior probabilidade de acontecimento.

Se você tem uma distribuidora de flores e sempre aplica o consentimento para veiculação de propagandas em meios de uso pessoal, terá um público selecionado para atender, com maiores chances de conversão em seu site, por exemplo. 

Dicas infalíveis para fazer o seu marketing de permissão 

Agora que você sabe o que é, para que serve e os principais benefícios do marketing associado à permissão do usuário, vamos te apresentar 4 dicas infalíveis para que construa esse tipo de marketing, para que seu negócio conquiste seus clientes em potencial.

1. Crie e apresente formulários do tipo Opt-in (opção positiva)

Para que o consentimento possa ser solicitado, é necessária a criação de formulários ou caixas de seleção que permitam o preenchimento com autorização ou não para o cadastro na lista de disparo de e-mails e mensagens.

Deve estar claro para o que você está solicitando o consentimento, se é para envio de conteúdo ou de promoções e descontos, sendo essencial respeitar o que o cliente autorizou e se manter preso a isso.

Um exemplo: se você é dono de uma fabrica de porta de aço de enrolar e deseja ter o consentimento do cliente que visitou seu site para veicular publicidade em meios de uso pessoal. Pode então pensar em caixas de seleção para solicitar a autorização.

2. Apresente opções de Opt-out (opção negativa)

Conforme estabelecido pela LGPD, é obrigatório que os sites forneçam opções claras de desistência da inscrição em listas de disparo de e-mails e mensagens, que permita ao cliente desistir de receber anúncios de modo objetivo, se assim desejar.

Fornecer a opção de cancelamento de inscrição do recebimento de anúncios estabelece uma relação mais transparente com o cliente, gerando melhor imagem da marca e maior satisfação dos clientes.

3. Produza conteúdo relevante para atração do cliente

Para que as chances de consentimento do cliente sejam maiores, você deve produzir conteúdos interessantes ao seu público-alvo, visando atrair e reter.

Existem estratégias de escrita que permitem transformar seus conteúdos em verdadeiras ferramentas de encantamento de clientes. O Copywriting e o SEO writing são duas técnicas muito usadas para tornar os textos altamente atrativos.

O Copywriting consiste na escrita persuasiva com apelo aos sentimentos do leitor, provocando emoções por meio do posicionamento adequado de palavras.

O SEO (Search Engine Optimization) writing é outra ferramenta de escrita que visa selecionar palavras-chave que aparecem frequentemente em buscas associadas ao seu produto para melhorar a indexação do site nos buscadores.

Produzindo conteúdo relevante e altamente atrativo, as chances de consentimento aumentam significativamente, o que implica em maior facilidade na venda.

Suponha que você gerencia uma empresa de usinagem CNC (controle numérico computadorizado) e produz peças de alta precisão.

Para atrair seu público e conquistar o consentimento, você emprega estratégias de Copywriting e SEO writing e persuade o leitor facilmente dentro de temas como “a importância da precisão nas peças usinadas”.

4. Permita a personalização do público quanto ao tipo de contato

Como a lista de inscritos é resultado de uma seleção pelo interesse nos produtos e serviços da empresa, você deve permitir que o controle sobre a veiculação de anúncios esteja na mão do cliente, assim ele se sente importante no processo e valorizado.

Você pode permitir ao cliente escolher:

  • Frequência de envios;
  • Horários de recebimento;
  • Temas abordados;
  •  Meios para recebimento.

Com a personalização na mão do cliente, evita-se que seus anúncios sejam inconvenientes e gerem insatisfação do público-alvo, o que pode levá-lo ao cancelamento da inscrição.

Imagine que você gerencia uma equipe de fornecedores de chapas expandidas e teve o consentimento para veicular anúncios a uma pessoa do seu público-alvo.

Ela seleciona os dias da semana em que deseja receber os anúncios, os melhores horários, se quer receber por SMS, aplicativos de mensagens ou e-mails e se deseja conteúdo ou promoções e novos produtos.

Se você respeitar essas escolhas terá mais credibilidade e ganhará a confiança do cliente.

Conclusão

O marketing de permissão ganhou força após a Lei de Proteção de Dados, colocando nas mãos do consumidor o controle sobre o uso de suas informações pessoais pela empresa e sobre o recebimento de anúncios.

Sendo assim, o consentimento dos clientes para veiculação de anúncios em meios de uso de comunicação pessoal como e-mails, SMS e mensagens em aplicativos, tornou-se essencial para o disparo.

Esse consentimento permite que você tenha mais assertividade em suas campanhas de marketing, tenha menores custos com disparo, gere mais resultados e conversões, além de evitar possíveis inconveniências que poderiam insatisfazer o consumidor. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »