20/10/2021 às 13h44min - Atualizada em 20/10/2021 às 15h22min

Imovelweb anuncia oferta dos primeiros imóveis digitalizados do Brasil em parceria com a netspaces

Com a utilização de Blockchain, o objetivo é tornar o processo de compra mais simples e seguro, além de democratizar o acesso à casa própria

SALA DA NOTÍCIA Júlia Agnes
Você deve conhecer alguém que deseja muito comprar um imóvel, tem uma parcela do valor em dinheiro, mas não consegue a liberação do financiamento por uma instituição financeira a tempo de fechar o negócio, muitas vezes pelo excesso de burocracia em todo processo. Para evitar que pessoas com este perfil adiem o sonho da casa própria, o Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, acaba de fechar uma parceria com a empresa gaúcha netspaces, PropLegalTech que já digitalizou 30 propriedades de clientes em Porto Alegre (RS) e está disponibilizando 16 para comercialização por Blockchain via plataforma Imovelweb.
“Investimentos na transformação digital e esta parceria reforçam o nosso posicionamento como um hub de soluções imobiliárias digitais com serviços financeiros. Ao nos unirmos à netspaces nesta iniciativa, queremos que os corretores e imobiliárias ofereçam aos seus clientes uma nova forma de aquisição do imóvel. O modelo lembra o conceito de um financiamento imobiliário, com a vantagem de que o consumidor se torna proprietário de um empreendimento a partir de qualquer valor, dentro das suas condições financeiras, sem assunção de uma dívida”, afirma Tiago Galdino, CFO do Imovelweb.

Por esta modalidade, os compradores parciais recebem parte do seu bem garantido em formato de propriedade digital, escolhem o fluxo de pagamento e podem decidir entre morar ou alugar através de imobiliárias, pagando de aluguel apenas o valor referente ao saldo das parcelas pendentes. Neste caso, por serem proprietários, se sentirão mais à vontade para decorar e investir no imóvel para deixar do seu jeito, superando uma dor habitual de quem só aluga um imóvel. Atualmente, o valor médio de cada propriedade digital oferecida pela netspaces gira em torno de R$ 600 mil.

A proposta inicial é que os interessados adquiram apenas 20% do imóvel (cerca de R$ 120 mil), podendo, daqui um ano, comprar mais uma parte ou todo o resto. “Neste início colocamos algumas regras para mostrar ao mercado como a tecnologia Blockchain e a tokenização funcionam. O objetivo é educar mesmo”, destaca Galdino.

“Embora o projeto piloto aconteça em Porto Alegre, nossa expectativa é estender a oferta de propriedades digitais para outras regiões do Brasil no primeiro semestre de 2022. Dessa forma, ajudamos a democratizar o acesso à propriedade privada, proporcionando àqueles que não têm o perfil de crédito padrão para aprovação de financiamentos a oportunidade de adquirir um imóvel sem comprovação de renda e com parcelas flexíveis”, destaca Leonardo Paz, CEO do Imovelweb.

Caso em um ano o proprietário consiga juntar R$ 100 mil, por exemplo, ele pode transferir o valor por PIX para amortizar o saldo a pagar pela integralidade do imóvel. Tudo é realizado de maneira simples, intuitiva e segura por meio de uma tecnologia proprietária da netspaces, construída sobre Blockchain.

Atualmente, a tokenização está se estabelecendo como uma grande tendência em diferentes setores. Embora tenha se tornado mais popular na comercialização de obras de arte, segmentos como de imóveis, pedras preciosas e de ativos naturais estão sendo radicalmente transformados pelo Blockchain. Apesar de ser mais recente no Brasil, a tecnologia foi utilizada, em 2018, pela Elevated Returns, empresa de gestão de ativos com sede em Nova York, para concluir seu primeiro negócio imobiliário de tokenização. No Brasil a netspaces criou um modelo exclusivo diferente da tokenização que é feita em outros países, baseada na digitalização da propriedade em si, com referência aos tokens chamados de “nets” nas escrituras e matrículas dos imóveis, os quais passam a representar direitos a eles relativos. 

“Queremos oferecer uma nova forma de comprar e vender imóveis, de forma facilitada e mais acessível. As propriedades são muito bem localizadas, em edifícios sustentáveis, com automação e serviços que oferecem uma vida prática”, afirma o CEO da netspaces, Andreas Blazoudakis, empresário gaúcho que já esteve à frente de marcas como Movile, iFood, Playkids e Delivery Center.

Desde o início de sua história há 22 anos, o Imovelweb busca auxiliar tanto o usuário que está em busca de um imóvel ideal, quanto construtoras, corretoras, imobiliárias, incorporadoras e investidores. Com tecnologia de ponta e parceiros estratégicos reconhecidos pelo mercado, o objetivo é agregar valor, tornando as interações mais fáceis e transparentes para oferecer uma melhor experiência ao cliente (CX).

“O Imovelweb se consolidou como uma plataforma robusta de soluções imobiliárias, com mais de R$ 1 trilhão em imóveis anunciados para a venda. “Independentemente da solução que o cliente busca, estamos preparados para atender, em um único lugar, toda e qualquer necessidade de maneira personalizada. A parceria com a netspaces vem complementar a nossa oferta e reiterar o quanto estamos atentos à transformação do mercado e às novas tendências. O cliente é nossa prioridade e queremos combinar nossa expertise com novas tecnologias para garantir, de maneira mais rápida e segura, a concretização de um sonho”, complementa Leonardo Paz.

Para saber mais, visite: https://propriedade.digital/imovelweb.

Sobre o Imovelweb:
Com 22 anos de existência, o Imovelweb é um dos maiores portais do mercado imobiliário do Brasil. Referência em Real Estate, com cerca de 170 colaboradores no Brasil, é uma multinacional sólida, de capilaridade nacional e com a maior capacidade de investimento do mercado em plataforma digital. O Imovelweb se destaca em seu mercado por representar o consumidor em todas as suas necessidades e momentos de vida, oferecendo as melhores oportunidades de negócios do setor imobiliário no Brasil. Mais informações em www.imovelweb.com.br.


Sobre a netspaces
A netspaces é uma PropLegalTech que conecta e integra os principais players do mercado de propriedades. Por meio de uma tecnologia proprietária construída sobre blockchain, é a primeira startup a digitalizar um imóvel no Brasil, permitindo aos proprietários transacionar seu bem de forma flexível, dentro de um ecossistema online totalmente seguro em que estão integrados todos os serviços públicos e privados necessários, seja para vender, alugar ou obter crédito com garantia imobiliária em formato digital.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »