29/09/2021 às 18h32min - Atualizada em 30/09/2021 às 00h00min

Engenheiros lançam movimento em prol da democracia e por melhores condições no país

SALA DA NOTÍCIA Vervi Assessoria

 

No dia 3 de outubro, coincidentemente a mesma data em que se comemora a criação da Petrobras, em 1953, será lançado o Movimento Engenharia pela Democracia (EngD) em conjunto com lideranças de todo o Brasil.

De acordo com seu manifesto de criação, o movimento é suprapartidário, composto por “estudantes, técnicos, engenheiros, mestres, doutores e profissionais de áreas afins que atuam na Engenharia e defendem a democracia em todas suas dimensões: social, econômica, política e ambiental”.

“Pactuamos por um desenvolvimento situado, respeitando a nossa rica diversidade regional e cultural, defendemos uma abordagem mais holística para a Engenharia, em que passemos a respeitar e valorizar a natureza. Acreditamos que Políticas Públicas de Estado em Educação para a Engenharia devem respeitar nossas identidades e estar sintonizadas com experiências internacionais. Para nós, democracia significa ainda implementar políticas públicas em Ciência, Tecnologia & Inovação e redefinir o papel do Estado, que deve atuar ativamente construindo igualdades de oportunidades”, enfatiza o documento.

Na mesma ocasião da apresentação do EngD, também será realizada a mesa redonda “Engenharia pela Democracia: desafios e fronteiras”, com a participação de Roseli de Deus Lopes, pesquisadora em tecnologias da educação do LSI/EPUSP, coordenadora da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace) e vice-diretora do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA/USP); Ricardo Galvão, engenheiro, físico e ex-diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), professor de renome com prêmios internacionais; e Guilherme Estrella, geólogo e ex-diretor de exploração e produção da Petrobras, considerado o “pai do Pré-Sal”.

Para participar, o link é: https://youtu.be/kh1WD87izcI


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »