23/09/2021 às 10h32min - Atualizada em 23/09/2021 às 16h36min

Dia do rádio: Adaggio lança playlist no Spotify com músicas de seus parceiros

Sequência traz 157 canções, todas brasileiras, que já foram sucesso em algum momento nas emissoras do país

SALA DA NOTÍCIA Natália Santos Peixoto

Neste sábado, 25 de setembro, é comemorado no Brasil o Dia do Rádio. Para celebrar a data, a equipe da gestora musical Adaggio montou uma playlist com sucessos de artistas, compositores e produtores com quem tem parceria. São 157 músicas, todas brasileiras, que, em algum momento, foram sucesso nas rádios do país – todo o portifólio da Adaggio é formado por composições nacionais. “É uma forma não apenas de celebrar o dia do rádio, mas também de enaltecer nossos parceiros e valorizar composições que já foram grandes sucessos no Brasil”, explica João Luccas Caracas, CEO da empresa.

Entre as canções top 10 da Adaggio, estão: Será (Legião Urbana), Mila (Netinho), Pelados em Santos (Mamonas Assassinas), A Sombra da Maldade (Cidade Negra), Cilada (Molejo), Nuvem de Lágrimas (Chitãozinho e Chororô), Quando o Sol Bater na Porta do Seu Quarto (Legião Urbana), Arerê (Banda Eva) e Praieiro (Jamil).  

Os artistas que fecham parceria com a Adaggio abrem mão de receber royalties futuros em troca de uma liquidez imediata, ou seja, parte da parceria é uma antecipação de recebíveis. “Em nosso modelo de cooperação, os artistas recebem antecipadamente parte de seus rendimentos, com a certeza de que suas obras serão trabalhadas para ter lucros potencializados e seu legado perpetuado”, ressalta Caracas.

Em 2021, a Adaggio alocou 40% do capital levantado e está fazendo diligência em 60 catálogos que, juntos, valem cerca de R$250 milhões. Além da aquisição de catálogos musicais, a empresa aposta no mercado de streaming musical, que cresce todos os anos.

A playlist completa da Adaggio você confere neste link: Hits Adaggio 

Sobre a Adaggio
A Adaggio é uma gestora musical fundada pelo músico João Luccas Caracas, que conta com um time de executivos veteranos da indústria fonográfica. O fundo Arbor Adaggio é gerido pela Arbor Capital, com recursos de clientes e sócios da gestora e sócios da Atmos Capital. Juntos, oferecem aos investidores uma exposição pura e simples de canções e direitos de propriedade intelectual dos compositores e artistas associados. A empresa já alocou 40% do capital e está fazendo diligência em 60 catálogos que, juntos, valem cerca de R$250 milhões. Formada por músicos e para músicos, tem como missão eternizar e ressignificar canções.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »