26/06/2012 às 23h51min - Atualizada em 26/06/2012 às 23h51min

Aliança PT-PSB-PCdoB-PP põe Haddad no 2º turno e amplia suas chances de vitória

O acordo fechado pelo PT com o PC do B para a eleição municipal deste ano em São Paulo, com os comunistas passando a reforçar a aliança já acertada com o PSB e o PP confirmam nossas previsões de que caminhamos para o pleito de outubro em condições excepcionalmente favoráveis.

www.zedirceu.com.br - Foto: Ricardo Stuckert/IL

Com a aliança PT-PSB-PC do B-PP elas ficaram favoráveis tanto para o nosso candidato a prefeito, Fernando Haddad, passar o 1º turno dia 7 de outubro, quanto para ele vencer no 2º, no último domingo daquele mês.

Com o PC do B e o PSB apoiando Haddad, além do PP ampliando o tempo de propaganda eleitoral gratuita, nosso lado passa a dispor de uma excelente base de candidatos a vereador e um tempo de rádio e TV mais do que suficiente para uma campanha com propostas objetivas e viáveis para a capital.

PSB e oposição têm como estratégia enfraquecer o PT no Nordeste

Ao contrário do nosso principal adversário, o ex-governador e candidato tucano a prefeito, José Serra, que entrou na disputa sem propostas, rumos nem metas e já revelou que vem com um discurso antigo, mofado e rançoso, responsável pela derrota da oposição nas eleições de 2002, 2006 e 2010.

Apesar de certa confusão gerada pelo noticiário - até natural nessa fase de fechamento de alianças e coligações partidárias - não é muito diferente nossa situação favorável na disputa das eleições em outras capitais, particularmente nas dos Estados do Nordeste.

Ainda que ali, o PSB principalmente - nosso aliado no plano federal -, mas também as forças da oposição tenham elegido as capitais nordestinas para serem pontas de lança na estratégia de barrar o fortalecimento do PT naquela região do país.

 

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »