26/06/2012 às 23h39min - Atualizada em 26/06/2012 às 23h39min

Fogos de artifício, lindos e perigosos

É nos períodos de festas que serviços de emergência e hospitais registram os mais altos índices de queimaduras em mãos, devido aos fogos de artifício. Especialmente nos meses de junho e julho, com as tradicionais festas juninas, o número de pessoas com lesões aumenta, o que reacende a necessidade de alerta para esta atividade.

Vanessa Mastro

Segundo o ortopedista da Santa Casa de São Paulo, especialista em cirurgia de mão, Dr. Antonio Carlos da Costa, os acidentes acontecem tanto com crianças quanto com adultos. “Os adultos apresentam as lesões mais graves por manipularem fogos mais potentes. Já as crianças apresentam geralmente queimaduras de primeiro e de segundo grau”, aponta Dr. Antonio. Além das festas juninas, no Reveillon e nas finais de campeonato de futebol temos os outros picos de incidência de lesões desse tipo.

O especialista alerta que, além das lesões térmicas, ocorrem também as lesões mecânicas pela explosão da pólvora. “Nas mãos, os fogos de artifício provocam desde queimaduras leves e lacerações até amputação de dedos, ou mesmo de toda a mão. Não podemos nos esquecer que os fogos de artifício podem, também, provocar surdez, cegueira e em alguns casos, a morte”, completa.

Confira abaixo algumas dicas do médico para evitar acidentes:

- Adquira os fogos de empresas devidamente regulamentadas e siga as instruções do fabricante;

- Evite, sempre, segurar os fogos com as mãos;

- O ideal é apoiá-los em base firme, acender um longo pavio para que dê tempo de se distanciar no momento do estouro dos fogos;

- Solte os fogos somente em áreas abertas, longe de substâncias inflamáveis e de redes elétricas;

- Nunca tente acender fogos que já falharam uma vez;

- Fogos de artifício não combinam com infância nem com álcool.

Se, mesmo assim, um acidente acontecer, o especialista indica que crenças devem ser esquecidas e que a pessoa deve procurar imediatamente um médico. “Lave o ferimento com água corrente, cubra com tecido limpo e procure rapidamente cuidados médicos. Não coloque de maneira alguma substâncias como pasta de dente, clara de ovo ou borra de café”.

O importante mesmo é usar os fogos com responsabilidade. Eles são muito bonitos, porém são, da mesma forma, perigosíssimos. Não estrague a sua festa nem a de seus amigos.


Dr. Antonio Carlos da Costa (Ortopedista, com especialização em cirurgia de mão, Mestre e Doutor em Ortopedia e Traumatologia, Professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Chefe do Grupo de Cirurgia de Mão e Microcirurgia da Santa Casa de São Paulo).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »