24/06/2012 às 23h50min - Atualizada em 24/06/2012 às 23h50min

Luiza Erundina realiza Ato Público

Uma justa Homenagem Paulo Freire, Patrono da Educação Brasileira

Assessoria Luiza Erundina

No próximo dia 27 de junho, será realizado um Ato Público em homenagem ao educador Paulo Freire, que em 13 de abril deste ano, recebeu o título de Patrono da Educação Brasileira, de acordo com a Lei nº 12.612/2012, de iniciativa da Deputada Federal Luiza Erundina. O evento será às 17h, no auditório da TV Câmara.
Natural de Recife (PE), Paulo Freire formou-se em direito pela Universidade do Recife (atual Universidade Federal de Pernambuco)
e tornou-se professor de português e pesquisador da área de educação. Uma de suas grandes contribuições para o ensino no país foi a criação do método de alfabetização de adultos, uma prática simples e revolucionária. Também, foi um dos fundadores do Movimento de Cultura Popular, que trabalha diferentes conceitos de cultura com vistas a oferecer à população carente a oportunidade de aprendizado, por meio de praças e núcleos de cultura.
A arte de ensinar o povo a ler e a ter consciência de sua realidade de opressão, trouxe uma enorme insatisfação por parte do regime político vigente, Paulo foi perseguido pela ditadura militar e obrigado a exilar-se no Chile. Naquela ocasião, escreveu um dos seus mais famosos livros, a “Pedagogia do Oprimido”. Após 16 anos de exílio, retornou ao Brasil e continuou seu trabalho como professor e pesquisador na PUC de São Paulo.
Atuou como Secretário Municipal de Educação da cidade de São Paulo durante dois anos e meio na gestão da então prefeita Luiza Erundina, neste período, implantou o Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (MOVA), fundamentado nos princípios filosófico-político-pedagógicos, com vistas a instruir o educando a identificar a realidade que está inserido, dando-lhe ciência da importância de sua atuação no contexto.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »