20/07/2021 às 16h15min - Atualizada em 20/07/2021 às 17h00min

Casa Jardim: um conceito de morar bem em um refúgio urbano

Além de sustentáveis, as unidades contam com espaços amplos, tecnologia e inovação

SALA DA NOTÍCIA Jéssica Cunegundes
Imagem Divulgação Seed Incorp

As casas estão ganhando protagonismo no cenário urbano e a Seed Incorp, construtora especializada na construção de condomínios horizontais residenciais de alto padrão, trouxe ao setor imobiliário o conceito Casa Jardim, um novo estilo de morar que conta com um ecossistema totalmente preparado e dedicado, com segurança, conforto, espaços integrados e privacidade, oferecendo uma experiência única ao morador. 

O conceito Casa Jardim, criado pela Seed, conta com moradias de alto padrão localizados na capital paulista e que possuem um ecossistema idealizado, com o objetivo de proporcionar aos moradores ambientes abertos e integrados. Eles unem o jardim com o living e a cozinha, além da presença de um rooftop gourmet. E, também, pode-se optar por escolher spa, elevador e adega climatizada no projeto. 

A Seed Incorp também se preocupou em escolher parceiros que pudessem garantir em suas especialidades a mesma filosofia que ela pratica quando pensa habitação, firmando acordos com empresas como a Gocil (responsável pela segurança 24 horas), Cia Athletica (para garantir a qualidade das academias que serão instaladas nas áreas comuns) e Casa Conectada, responsável por toda a tecnologia e automação residencial.

Para Fernando Montenegro, CEO da construtora, os projetos têm como essência o conceito ‘Casa Jardim’ - “observamos que havia uma tendência mundial em open space, e adaptamos por trazer essa ideia ao nosso mercado. Além disso, buscamos estreitar parcerias que pudessem nos ajudar a trazer o melhor produto para nosso ecossistema”, afirma.

Sobre os espaços abertos oferecidos pelas residências, Mariana Antonioli Coordenadora de Produtos na Empresa, destaca que, “além de ser um diferencial do projeto, a integração visual dos ambientes, proporcionada pelo conceito open space, usa o mobiliário para a definição dos espaços. Os projetos são concebidos para oferecer a possibilidade e versatilidade na criação dos ambientes por meio da necessidade de cada família e seu jeito de morar, onde a casa é uma só e tudo está interligado. Trata-se de um conceito que repercute também na mobilidade do indivíduo” enfatiza.

“A Seed sempre está atenta ao perfil do consumidor, e com pandemia notamos que a demanda por casas com área de lazer e jardim cresceram bastante. Viver com qualidade tem sido um requisito para o brasileiro”, destaca Fernando. 

As propriedades têm entre 400 e 600 metros quadrados, arquitetura moderna, privilegiando as áreas de convivência e, com o padrão de um grande jardim que pode ser modificado com o jeito de cada morador, trazendo o verde, a natureza para dentro da casa com total privacidade e conforto.

A arquiteta Cristiane Otsuka relata que o ambiente foi pensando com organização dos fluxos e hierarquia de espaços. “Setorizamos os ambientes em relação ao uso. Sendo assim, o subsolo concentra as áreas de serviços (depósitos e garagem), o térreo como pavimento social (sala de estar, cozinha e jantar) o primeiro reservado às áreas íntimas (suítes), e o rooftop como espaço multiuso privativo com vista privilegiada e piscina com borda infinita”, diz.

Os cômodos podem ser exclusivos também para cada morador, visto que o cliente tem a opção de escolher desde o número de dormitórios e suítes até elementos específicos como: banheira, lareira ou elevador. “A proposta é trazer moradias com quatro andares transformando o último em um ambiente destinado à área de lazer com uma piscina de borda infinita e uma paisagem de tirar o fôlego”, diz Montenegro.

E, de olho nas necessidades dos futuros condôminos, o planejamento tem o objetivo de facilitar a rotina deles. Os ambientes podem ser ajustados de acordo com a necessidade e a escolha dos clientes. “Existe uma área no rooftop que pode ser tranquilamente transformada em um amplo home office, por exemplo “, certifica o CEO.

Além disso, os imóveis são entregues com automatização básica e contam com dispositivos que são ativados pelo Casa Conectada, parceiro da Seed. Por meio dele é possível ajustar a iluminação e o ar-condicionado por controle remoto.

O conceito Casa Jardim é disruptivo e tem o objetivo de trazer ao mercado a inovação sempre presente que faz parte da origem da empresa. Sua arquitetura foi elaborada pensando em soluções sustentáveis como o reaproveitamento das águas da chuva e iluminação por lâmpadas de led.

Sobre a Seed

Fundada em 2016, a Seed Incorp, construtora e incorporadora de São Paulo, atua construindo empreendimentos de alto padrão, focados em condomínios fechados de casas. A construtora aposta no conceito Casa Jardim, um oásis urbano que combina liberdade, conforto e segurança.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »