19/07/2021 às 15h36min - Atualizada em 20/07/2021 às 07h20min

Jornada do Tesoureiro capacita profissionais para as demandas partidárias

Com o objetivo de qualificar os profissionais que atuam nas tesourarias de partidos, a Rede Essent Jus, em parceria com a Ousadia Política, criou a Jornada do Tesoureiro: um guia para siglas com muito ou com pouca movimentação financeira.

DINO
https://www.essentjus.com.br/

Com eleições à vista em 2022 e com demandas vitais para as siglas, como a organização da prestação de contas e administração de recursos do Fundo Eleitoral e Fundo Especial de Financiamento de Campanhas, o tesoureiro ganha lugar de destaque dentro dos partidos políticos.

De acordo com Frederico Almeida, professor de direito eleitoral, a qualificação dos representantes partidários é fundamental para campanhas eleitorais de sucesso. “O tesoureiro bem-preparado organiza a burocracia partidária, potencializa a arrecadação de recursos e sua correta aplicação. Além disso pode evitar multas altíssimas previstas na legislação ou cassações por abuso do poder econômico por falhas nas prestações de contas”, afirma.

Pensando em qualificar esses profissionais, a Rede Essent Jus, em parceria com a Ousadia Política, criou a Jornada do Tesoureiro: um guia para partidos com muito ou com pouca movimentação financeira: é o passo a passo, desde o início até o fim do mandato na tesouraria do partido. A Jornada do Tesoureiro apresenta oito etapas para aplicar na rotina de tesourarias de partidos políticos de todo o país.

"Nossa intenção ao criar a Jornada não é o de tornar os tesoureiros especialistas em contabilidade ou regras eleitorais, mas sim, trazer dicas, sugestões, ferramentas para facilitar o seu dia a dia e, principalmente, reduzir o retrabalho. Para isso, organizamos esse conteúdo”, explica Guilherme Sturm, CEO da Rede Essent Jus.

De acordo com Sturm, a Jornada do Tesoureiro é composta por oito momentos decisivos desta função durante a execução das demandas partidárias. Por exemplo, o passo a passo ao iniciar o mandato, como a troca de senhas e assinaturas em Banco, acesso às prestações de contas de anos anteriores. A Jornada segue com o diagnóstico financeiro do partido, diagnóstico fiscal, principais regras para receitas e gastos, calendário de obrigações legais, dicas para melhorar a organização e arrecadação (conceito IKIGAI), o papel do tesoureiro em anos de eleições, e, por fim, a organização para encerrar o mandato.

Todas as etapas da Jornada possuem dicas práticas para serem aplicadas de imediato à rotina das siglas - é um panorama geral de como um partido deve funcionar, de forma transparente e legal. “São dicas que trarão muita qualidade e segurança à gestão dos tesoureiros”, pontua Sturm.  

 



Website: https://www.essentjus.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »