16/06/2021 às 15h33min - Atualizada em 16/06/2021 às 16h06min

Cuidados com o corpo no inverno: xô preguiça

O personal trainer Gui Guedes conta tudo o que você precisa saber para manter o corpo durante a época mais fria do ano.

SALA DA NOTÍCIA Daniel Prado
Com a chegada do inverno, a nossa vontade é de naturalmente não fazer nada além de ficar deitadinho nas cobertas tomando um chá ou chocolate quente assistindo um bom filme, certo? Errado! Mas o inverno sendo inverno e as pessoas sendo humanas com o sentimento gigantesco da preguiça, a vida não pode parar, e dito isso, todo o seu esforço para manter o corpo bonito e saudável não pode ir embora junto com o calor. O personal trainer Guilherme Guedes vem para dar todas as dicas de como você manter o seu corpo na época mais preguiçosa do ano na mesma eficácia do verão.

“É muito comum ver dietas ou planos alimentares se estragarem nos dias mais frios do ano porque muitas pessoas acabam ficando na preguiça de ir para a academia ou de cozinhar suas refeições específicas. O primeiro passo antes de tudo é ter na cabeça “não vou jogar todo o meu trabalho fora por conta da preguiça.” Uma vez que isso é estabelecido, as coisas já ficam muito mais fáceis.”

Guilherme explica que naturalmente, quando o tempo está mais frio as pessoas tendem a se locomover menos e a sair menos de casa, mas uma boa forma de quebrar esse padrão é um equilíbrio 50/50 de aeróbico e musculação.

“Toda a questão de intercalar exercícios aeróbicos com exercícios de força, é que você tem um treino completo em uma única sessão. Entre os exercícios de musculação, sempre dê curtos estímulos de aeróbico – esteira, bicicleta, transport – dessa maneira, você estará trabalhando tanto a sua parte muscular quanto a sua parte cardiorrespiratória."

Para quem treina em casa, os multiarticulares podem ser a melhor pedida, já que não necessitam de nada além do seu próprio corpo.

“Nos exercícios de força – que você pode fazer ou em casa ou na academia - o legal é fazer exercícios multiarticulares, exercícios que trabalham grande grupamentos, eles são eficazes e criam sua resistência de uma maneira diferente - agachamentos, polichinelos, burpees."

Uma terceira dica é o indício de intensidade no seu treino.

Um aumento gradativo de intensidade também pode ser uma ferramenta interessante, já que com menos descanso, mais repetições e/ou mais carga, você acaba otimizando o seu tempo na academia – ou em casa.

“Se você consegue botar um treino mais intenso, você consegue ter um condicionamento maior para um resultado melhor a longo prazo. Isso pode se aplicar em vários fatores, seja mais tempo no aeróbico, seja aumentando o peso na musculação, ou seja realizando mais 10 burpees que o normal em casa."

O personal explica que a matemática é simples; Menos descanso entre as séries, mais carga/repetições = menos tempo no treino. E isso também gera mais motivação para o dia seguinte.

“Justamente por isso que o meu método de emagrecimento funciona tão bem, e gera bons resultados a um curto prazo. São um combinado de coisas, que juntas geram um resultado bastante satisfatório.” – Finaliza.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »