10/06/2021 às 15h36min - Atualizada em 10/06/2021 às 17h34min

Livro destaca intelectuais feministas

Escola As Pensadoras ingressa no mercado editorial e lança primeiro livro de coleção

SALA DA NOTÍCIA Cristina Aguilera
https://www.aspensadoras.com.br/loja
Livro da coleção  As Pensadoras -  Volume 1       Imagem Divulgação 
Próxima de completar seu primeiro ano, a Escola de formação feminista e de estudo do pensamento de mulheres As Pensadoras celebra outra importante conquista: o lançamento da Editora As Pensadoras. O livro de estreia faz parte da coleção “As Pensadoras”, dedicada à difusão da produção acadêmica sobre o pensamento teórico-prático de mulheres. Já em fase de pré-venda pelo site: www.aspensadoras.com.br/loja , o livro será oficialmente lançado na semana de aniversário da Escola, em 16 de junho, em versão física e e-book.

Idealizada em 2020 pela filósofa e coordenadora da Escola As Pensadoras, Rita Machado, a editora surge com o objetivo de registrar o conhecimento construído na Escola, ampliar o espaço para publicações produzidas por mulheres e democratizar o acesso às produções. Além disso, procura contribuir para o redimensionamento do papel social de agentes estratégicos, incluindo autores/as, leitores/as, editoras, distribuidoras e livrarias.
 
Sob a coordenação editorial de Larissa Mundim, a Editora As Pensadoras está alinhada ao mercado editorial independente e apoia a propriedade intelectual fortalecida.
 
Razões por trás do projeto
 
A Editora As Pensadoras nasce com a proposta de ser uma alternativa ao mercado editorial tradicional, ampliando a bibliodiversidade. “Editar livros, definir o que e quem publica, como e quando publicar, é um exercício de poder. Nesse contexto, a Editora As Pensadoras posiciona-se e identifica-se nas frentes que buscam rupturas e reinvenções”, explica Rita Machado.
 A proposta busca contrapor dados da realidade editorial brasileira. Como demonstra pesquisa coordenada pela professora Regina Dalcastagnè (UnB), que analisou romances publicados pelas principais editoras do país entre 1990 e 2004, autores do sexo masculino eram maioria nesse cenário (72,7%). Ainda, o mercado editorial é marcado pela homogeneidade racial e geográfica: 93,9% dos autores eram brancos, e 60% residiam na região Sudeste do Brasil. Outro estudo conduzido pela professora e equipe de alunos pesquisadores evidencia que esse perfil também é predominante nas premiações literárias no Brasil, com apenas uma mulher premiada entre 30 prêmios concedidos no período de 2006 a 2011.
 
Conheça a primeira obra da editora
 
O livro que abre o catálogo da Editora As Pensadoras reúne nove artigos produzidos por mulheres, além de apresentação assinada pela filósofa e coordenadora da Escola, Rita Machado. Os textos contemplam aspectos do pensamento de Hannah Arendt, Adriana Cavarero, Seyla Benhabib, Margaret Cavendish, Simone de Beauvoir, Angela Davis, María Lugones, Silvia Rivera Cusicanqui e Lélia Gonzalez. O volume 1 da coleção “As Pensadoras” está disponível para pré-venda em formato físico e poderá ser adquirido por meio do site:  https://www.aspensadoras.com.br/loja. Em breve, será disponibilizado também para pré-venda o formato e-book.
 
Serviço: 
 
Livro Físico Capa Dura: R$ 70,00
E-book: R$39,00
Site: https://www.aspensadoras.com.br/loja

Confira os textos e autoras que integram o primeiro volume da coleção As Pensadoras:
Alice de Carvalho Lino Lecci – “Aspectos históricos e políticos do feminismo negro nos Estados Unidos”
Beatrís da Silva Seus – “Para além dos costumes”
Carla Milani Damião e Carmelita Brito de Freitas Felício – “Vozes singulares e relacionalidade no pensamento de Adriana Cavarero”
Cecília Pires – “A ação como traço essencial da condição humana. Uma leitura acerca das ideias arendtianas”
Janyne Sattler – “Margaret Cavendish e a impetuosidade da palavra”
Karina de França Silva Valle – “Lélia Gonzalez, presente!”
Lia Pinheiro Barbosa – “Silvia Rivera Cusicanqui, a tecedora de uma Sociologia do Abya Yala”
Loiane Prado Verbicaro – “Seyla Benhabib e o ajuste de contas com a modernidade”
Susana de Castro – “Feminismo, subalternidade e decolonialidade”
 
Conselho Editorial
Heloísa Buarque de Holanda
Isabel Lousada
Larissa Mundim
Loiane Vericato
Mayra Jocelin Martínez Martínez
Nivia Ivette Núñez de la Paz
Rita Machado
 
Ficha técnica:
Coleção As Pensadoras, volume 1
Preparação de originais: Patrícia Guimarães Gil
Edição de texto: Larissa Mundim e Patrícia Guimarães Gil
Identidade visual: As Pensadoras
Projeto gráfico, arte e diagramação: Alanna Oliva
Produção gráfica: Lilia Goes
Coordenação editorial: Larissa Mundim
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »