16/09/2014 às 12h30min - Atualizada em 16/09/2014 às 12h30min

GSPP participa de painel sobre nova regulamentação do Banco Central para Arranjos de Pagamento

Antonio Giacomini Jr., diretor jurídico do Grupo Setorial de Pré-Pagos participa do painel Inclusão Financeira, promovido pelo C4

Aviv Comunicação

Nesta quinta-feira, 18 de setembro, o diretor Jurídico do Grupo Setorial de Pré-Pagos (GSPP), Antonio Giacomini Jr., participa do painel que debaterá a nova regulamentação do Banco Central para arranjos de pagamento, que acontecerá entre 11h30 e 13h00 no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.  O debate contará também com Daso Maranhão Coimbra, Chefe do Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos do Banco Central do Brasil, Luiz Almeida, vice-presidente do Superbank e Roberto Longo Pinho Moreno, vice-Presidente da Associação Paulista de Supermercados (APAS). A moderação será feita por Marco Antônio de Melo, do Santander.

“O marco regulatório e suas respectivas circulares, emitidas pelo Banco Central e pelo Conselho Monetário Nacional, foram uma importante conquista para o setor de pré-pagos”, destaca o Dr. Giacomini.  “No entanto, como em qualquer nova regulamentação, ainda existem dúvidas. Desde o ano passado, o GSPP tem trabalhado ativamente junto a seus associados, trazendo informações e sugerindo soluções para as questões inerentes a este processo. Nesse sentido, este painel do C4 é uma ocasião importantíssima para o setor debater com o próprio regulador pontos que ainda não estão totalmente claros”, completa.   Segundo os organizadores do C4, entre estes pontos estão questões como as adaptações a serem feitas pelos atores que não são financeiros, os reflexos da regulamentação para o consumo e a regulamentação da Garantia de Recebimento de pagamento.

O GSPP estima que os pré-pagos foram responsáveis por 4% do consumo privado em  2010, mas chegarão a 10% em 2020.   O potencial do produto é grande no Brasil, onde 40% da população ainda não tem conta bancária, segundo dados da FGV.  Trata-se de um potencial de R$ 665 bilhões por ano, que é a estimativa de volume transacionado por esse segmento, de acordo com pesquisa do DataPopular. 

Sobre o GSPP: Criado em 2009, o GSPP é uma organização corporativa sem fins lucrativos que reúne empresas não financeiras e profissionais que trabalham com soluções de sistemas pré-pagos: companhias voltadas ao setor do varejo, com aplicações de cartões-presente, com processadores e emissores de cartões de vales-eletrônicos, cartões de fidelização, sistemas de pré-pagos de telecomunicação, serviços, emissores, processadores e “program-managers”.    O principal objetivo da entidade é fomentar a atividade no Brasil, trabalhando de forma articulada e propositiva para superar os obstáculos existentes e criar as condições para o fortalecimento do setor. Para tanto, atualmente o GSPP foca suas atividades em três temas: regulamentação do setor, modelos de negócios e informação ao consumidor.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »