31/05/2021 às 20h03min - Atualizada em 01/06/2021 às 15h54min

FUCHS reduz ativamente pegada ecológica de carbono em mais de 8%

Brasil compõe parte desse resultado, uma vez que a somatória de todas as ações do grupo tornou essa certificação válida

SALA DA NOTÍCIA Marcela Gasperini
O Grupo FUCHS, que opera globalmente na indústria de lubrificantes, converteu todo seu consumo de eletricidade europeu de 2020 e 2021 em 100% de energia renovável. Com isso, o grupo reduziu a pegada ecológica de carbono de 2020 da FUCHS em mais de 8% em todo o mundo. O Brasil compõe parte significativa desse resultado, uma vez que a somatória de todas as ações do grupo tornou essa certificação válida.

Desde o início de 2020, toda a manufatura subsidiária do Grupo FUCHS atingiu a neutralidade em carbono em todo o processo. Isso significa que toda emissão associada a atividades de produção e operação foram neutralizadas desde 2020, incluindo a emissão direta e indireta dentro das portas das subsidiárias de manufatura da FUCHS, por meio do consumo de energia e água, geração de resíduos, bem como a operação de frota, viagens e deslocamento de funcionários.

De acordo com o Coordenador de Qualidade Ambiental da FUCHS, Erick Rodrigues, as calculadoras de carbono são responsáveis por realizar esta medição, levando em consideração alguns aspectos: perfil da empresa, fontes de aquecimento usadas para produzir graxa e óleos, combustível, custo com aquecimento de ar condicionado, custos indiretos, energia elétrica, viagens de negócio, água e ainda descarte de resíduo. “A FUCHS atingiu 8% de redução graças às essas categorias, os grupos e as boas práticas que foram direcionadas a um esforço de redução”, explica Rodrigues. 

Matriz energética no Brasil

Segundo Rodrigues, mais de 60% da matriz energética do Brasil vêm de energia hidrelétrica, o restante da energia eólica, solar e biomassa que já superam 80% de energia verde. “Atualmente temos um grupo de 46 especialistas ambientais espalhados pelo mundo, ao menos um em cada unidade produtiva. Estamos montando um pacote de conhecimento global de sustentabilidade, olhando para o todo, não só o meio ambiente, mas também a sociedade e o lado econômico”, explica.

Rodrigues explica ainda que alguns desses especialistas estão nos Estados Unidos, Índia, Suécia, África do Sul, Alemanha, China, Austrália e Brasil e estão focados diretamente nas análises de sustentabilidade. “O mercado de lubrificantes está cada vez mais se posicionando quando se trata de emissão de carbono e sustentabilidade, por isso estamos criando iniciativas mais uniformes, ou seja, em todos os países que atuamos”, complementa.

Investimentos de sustentabilidade da FUCHS

Para compensar emissões que são inevitáveis, a FUCHS está investindo em seis projetos-chaves de certificados de proteção de clima em cada ano. Contudo, baseado no princípio de “Evitar – Reduzir – Compensar”, a compensação por meio da compra de certificados de proteção climática é a última opção para alcançar a neutralidade de carbono. Desta forma, a FUCHS está trabalhando continuamente para reduzir suas emissões.
Um passo importante foi converter a fonte de energia nas subsidiárias europeias para energia renovável em 2020 e 2021, que ocorreu por meio das “garantias de origem” para a geração de energia com um volume de pouco mais de 40 GWs de uma usina eólica europeia. Assim, o consumo de energia nas instalações da Europa permanecerá coberta por energia renovável e, portanto, neutra em carbono.

A FUCHS também deu passos significativos para a produção de sua própria energia em locais selecionados. A companhia opera inúmeras fábricas e armazéns ao redor do mundo com uma grande área de cobertura que pode ser usada para a instalação de painéis solares. Um exemplo disto foi o que ocorreu recentemente na fábrica espanhola em Castellbisbal. Uma instalação cobrindo 1.650 m² com uma potência instalada de 335 quilowatts foi construída sobre os telhados de vários armazéns, oferecendo margem para cobrir cerca de 43% de consumo de energia anual com o novo sistema solar. A FUCHS na Austrália, Índia, África do Sul e Reino Unido já operam painéis solares e mais estão sendo planejados.

Até 2025, a empresa pretende também vender produtos neutros em carbono para seus clientes. Isso significa que os fornecedores e suas matérias-primas também serão incluídos, e a FUCHS será capaz de processar matérias-primas mais sustentáveis ​​para produtos neutros em carbono no futuro. Para este fim, os padrões estão sendo desenvolvidos em conjunto com parceiros e associações a fim de quantificar e registrar a sustentabilidade ao longo de toda sua cadeia de valor.

Sobre a FUCHS

FUCHS é um grupo global com raízes alemãs que tem desenvolvido, produzido e vendido lubrificantes e especialidades relacionadas há mais de 85 anos para todas as áreas de aplicação e setores. O grupo possui mais de 60 empresas, emprega quase 5 mil funcionários e é o principal fornecedor independente de lubrificantes no mundo. Com um portfólio de mais de 10 mil produtos e serviços, a FUCHS atende mais de 100 mil clientes globalmente dos seguintes setores: montadoras, fornecedores de peças automotivas, mineração e exploração, metalurgia, agricultura e silvicultura, aeroespacial, geração de energia, engenharia mecânica, construção e transporte, bem como as indústrias siderúrgica, metalúrgica e cimenteira, indústria alimentícia, do setor de produção de vidro e da indústria de fundição e forjamento, entre outras.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »