20/05/2021 às 10h31min - Atualizada em 20/05/2021 às 10h48min

Campanha da Newa lança desafio de 21 dias de práticas antirracistas

Consultoria de diversidade e inclusão para as empresas divulga ebook que apoia a luta diária contra o preconceito racial

SALA DA NOTÍCIA Victoria
Treze de maio é o dia de abolição da Lei Áurea e não é dia de comemoração. Pois, apesar de ser o dia que marca oficialmente a Abolição da Escravatura no Brasil, nenhuma política pública reparatória foi realizada para a inserção da população negra em espaços de poder na sociedade.


Mais importante do que falar do dia 13 de maio, é focar nos próximos dias que virão. Dados do Atlas da Violência de 2017 mostram que de cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negros. Entre 2005 e 2015, a taxa de homicídio de pessoas negras aumentou 18,2%. Mas, qual o papel que cabe às empresas e às novas gerações para atingirmos de fato a justiça racial? Como engajar as organizações nesta luta?


Para responder estas perguntas e provocar uma reflexão, em parceria com a Uzoma Consultoria e o Instituto Think Twice Brasil, a Newa lança "21 desafios para tornar o anti racismo uma prática". O objetivo da campanha é levar as pessoas brancas e as organizações a saírem de uma postura de inércia, silêncio, omissão ou culpa para uma postura de ação.


"Ao longo desses 21 desafios buscamos provocar você a sair da sua zona de conforto. Mostrar a você que você pode fazer muito mais do que você imagina para colaborar com uma sociedade com mais justiça racial. Exige auto responsabilidade para buscar o seu autodesenvolvimento e a sua parcela de contribuição para essa mudança", explica Carine Roos, CEO e fundadora da Newa.


Dentre os desafios, estão explicações de o que é racismo, o mito da democracia racial e branquitude, bem como pequenas ações para compartilhar histórias e personagens de pessoas negras que admiram passando por piadas e expressões racistas que estão no nosso dia-a-dia e que devem definitivamente sair do nosso vocabulário.


A ação teve início com a live "Vamos falar da luta antirracista?", realizada dia 13 de maio, com as painelistas Geísa Mattos, especializada em branquitude e estudos étnico raciais e Mafoane Odara, consultoria e ativista em Direitos Humanos e Diversidade e contou com a mediação da Elizabete Scheibmayr, advogada e co-fundadora da Uzoma Consultoria de Diversidade Racial.


Ainda para enriquecer ainda mais a discussão, o podcast "Somos Newa" traz convidados especiais para falar sobre o tema. A primeira entrevistada é a presidente da Associação AfroBusiness e co-fundadora e CCO da Conta Black, Fernanda Ribeiro. E na semana seguinte, o papo é com Laiz Carvalho, economista-chefe da Brasilprev, que faz parte do e-book no desafio sobre a diversidade no mercado de trabalho.


O ebook está disponível no site da campanha.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »