09/09/2014 às 10h09min - Atualizada em 09/09/2014 às 10h09min

Setor elétrico deve estar equilibrado em 2017

Na previsão do especialista e CEO da América Energia, Andrew Frank Storfer, os próximos dois anos serão fundamentais para o balanço estrutural do mercado elétrico

Michele Carvalho

Diante do cenário crítico no qual o setor de energia se encontra, os próximos dois anos serão fundamentais para o balanço estrutural do mercado elétrico. Parte do equilíbrio estará nas projeções econômicas do governo federal, compra e venda de energia e no repasse das tarifas para os consumidores finais. A tendência é que os preços fiquem  mais acentuados no mercado cativo (devido as tarifas) e que o preço reduza na compra de energia pelo mercado livre.

 

Na visão do diretor e CEO da América Energia, Andrew Frank Storfer, 2015 e 2016 serão anos cruciais para os ajustes do setor. “Somente em 2017 em diante, o cenário mudará positivamente, pois poderá haver sinalização de maior acomodação em termos de oferta, preço e equilíbrio no mercado”, pontua.  

 

Outros pontos determinantes para equacionar o cenário elétrico estão nos mercados regulado e livre. O  especialista acredita que “no Mercado cativo as tarifas de energia elétrica precisam estar em um patamar sem que haja subsídios do governo, para que não tenha aumento de preço, além de pagar e evitar novos empréstimos. Já no mercado livre o desafio é que haja sobra, isso é, atendimento aos requisitos de demanda através da oferta adequada de energia”.

 

Ainda segundo Storfer, as projeções econômicas para 2015, como PIB, superavit e inflação, determinarão quais as soluções e intervenções que devem ser tomadas em curto e médio prazo para poder medir o impacto que as empresas poderão sofrer. 

 

No próximo mês de setembro, Storfer dará mais detalhes sobre às projeções econômicas e de preço em palestra para empresários e especialistas do setor, na 15º edição do Energy Summit, realizado pela Informa Group, em São Paulo (SP). Na ocasião, profissionais da alta gestão das empresas de energia apresentarão análises de diferentes cenários, irão debater a atual dinâmica do setor elétrico e contribuirão com diferentes opiniões sobre como será a oscilação do preço da energia nos próximos anos.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »