28/04/2021 às 15h28min - Atualizada em 28/04/2021 às 17h12min

Lançamento de Edições Loyola celebra a arte dos jesuítas nos 480 anos da Companhia de Jesus

Em edição ricamente ilustrada, o artista Percival Tirapelli conduz a uma profunda reflexão sobre a história de centenas de peças artísticas e arquitetônicas erigidas pela ordem religiosa na Europa e nas Américas

SALA DA NOTÍCIA Pluricom Comunicação Integrada
https://www.loyola.com.br/produto/arte-dos-jesuitas-na-ibero-america-5311
Divulgação

Criada em 1534 por um seleto grupo de companheiros de Santo Inácio de Loyola, estudantes da Sorbonne, e reconhecida como ordem religiosa em 1540 – 480 anos, completados em 2020 –, a Companhia de Jesus tomou para si a missão de defender posições católicas e o ensino da juventude, oportunidade ressaltada por todo o território das Américas por evangelizar. Tal empreitada levou à construção de igrejas e colégios e à criação de rico patrimônio histórico e artístico, muito do qual ainda se encontra de pé. E é sobre ele que o professor e artista plástico Percival Tirapeli se debruça em Arte dos jesuítas na Ibero-América: arquitetura, escultura, pintura, lançamento de Edições Loyola. A edição reúne centenas de fotografias que traduzem perfeitamente a exuberância da intersecção entre história, fé e arte, e ainda sugere ao leitor conhecimentos e roteiros surpreendentes. Confira aqui a Galeria de Imagens.

“O objetivo principal desta publicação é analisar exemplares da arquitetura e das artes visuais de obras dos jesuítas nas Américas e seus antigos referenciais artísticos em Portugal e na Espanha. Intencionamos também mostrar e unir as artes desde o período colonial hispano-americano ao luso-brasileiro nas principais cidades latino-americanas e nas antigas misiones do Paraguai e da Bolívia”, explica o autor. “Foram selecionadas tipologias das edificações como igrejas, colégios, seminários, aldeamentos, capelas, estâncias, que exemplificam o pensamento construtivo da Companhia, denominado modo nostro”.

Esta forma de fazer vem de referenciais desde a Itália, seguidos por Espanha e Portugal. Nas Américas, o barroco europeu foi bem adaptado aos trópicos, a começar pela arquitetura lusa, simples, sem ornamentos em seu exterior, até as fachadas mais elaboradas, na América Espanhola. Já as obras artísticas são fortemente associadas ao estilo barroco, dominante à época. Pintura e escultura mesclam-se nos conceitos do maneirismo, barroco, ultrabarroco mexicano e da ornamentação mestiza do Altiplano Andino onde, aliás, nasce a escola cusquenha de pintura. As esculturas das terras missioneiras do Paraguai também ganharam uma escola de arte guaranítica com o uso da madeira e pedra a ornamentarem igrejas erigidas por arquitetos italianos – jesuítas.

“Neste livro, os leitores poderão certamente apreciar, saborear e tirar muito proveito da contribuição dada por aqueles que, nas pegadas de Santo Inácio, tiveram a ousadia de edificar igrejas e buscar, na arte, a expressão dos diversos aspectos da fé cristã”, anotam os editores da obra. Aqui, os exemplares descritos por Tirapeli se espraiam por seis países europeus, dez países latino-americanos e 11 estados brasileiros. “Organizada em cinco capítulos – arquitetura, escultura, pintura, misiones e legado –, a pesquisa privilegia as obras que marcaram os estilos de expressões artísticas durante dois séculos de história da Companhia de Jesus”, comenta o autor. “Esta obra trata essencialmente de apreciação de modelos da arquitetura legada pelos jesuítas nas Américas durante o período colonial, e das artes visuais nela contidas.”

Percival

Percival

 Sobre o autor – Percival Tirapeli é professor titular em História da Arte Brasileira pela Universidade Estadual Paulista; pós-doutorado pela Universidade Nova de Lisboa; doutor e mestre pela Universidade de São Paulo. Nascido no interior paulista (Nhandeara) em 1952, estudou no Seminário Redentorista Santo Afonso (1964-70) em Aparecida. Conselheiro do Condephaat (2017/19), membro da Associação Brasileira de Críticos de Artes (ABCA), da qual foi vice-presidente (2006/08), e da AICA (Internacional). Membro do ICOMOS Brasil (Conselho Internacional de Monumentos e Sítios). Ministrou palestras, a convite, em dois seminários internacionais sobre os jesuítas em Tepotzotlán, México, e no Bicentenário da Restauração da Companhia de Jesus em São Paulo (2014).

Título:  Arte dos jesuítas na Ibero-América: arquitetura, escultura, pintura
Autor: Percival Tirapeli
Número de páginas: 352
Formato: 27 x 27 cm
Preço: R$ 240,00
ISBN: 978-85-15-04655-3

Mais informações sobre os livros publicados por Edições Loyola estão disponíveis no site: www.loyola.com.br 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »