22/04/2021 às 15h36min - Atualizada em 22/04/2021 às 16h30min

Educação corporativa é o diferencial das empresas inovadoras

Pormade Portas destinará, aproximadamente, R$ 300 mil em 2021 para capacitação profissional de seus colaboradores

SALA DA NOTÍCIA Pormade
Pormade Portas
Divulgação
Com os produtos e serviços cada vez mais parecidos e a competição acirrada, uma das únicas maneiras das empresas conquistarem e manterem vantagem competitiva sustentável no mercado de atuação é por meio do desempenho das pessoas no desenvolvimento das suas atividades profissionais. Com isso, grandes corporações, como a Pormade, uma das maiores fabricantes de portas do Brasil, investe constantemente na evolução dos seus colaboradores tendo como base central a educação corporativa.

A pandemia de Covid-19 na empresa é vista como um acelerador do futuro. A companhia não deixou de investir na educação e qualificação dos colaboradores, tendo como premissa principal que a gestão de pessoas é o principal diferencial competitivo, ainda mais em um momento de instabilidade. “O investimento em educação corporativa não diminuiu, pelo contrário. Estamos passando por um grande processo de digitalização e transformação, o que exige uma equipe ainda mais preparada e inovadora. Para 2021, nossa meta é ampliar os recursos na área e direcionar, aproximadamente, R$ 300 mil para o aprendizado e desenvolvimento profissional”, explica Rafael Jaworski (foto), diretor de RH da Pormade Portas.

De acordo com ele, a companhia está ampliando a plataforma de EAD, com a criação de trilhas de aprendizado. As lives corporativas realizadas nas redes sociais da Pormade, bem como as teleconferências e reuniões on-line funcionam como um termômetro para verificar a evolução dos quase 900 colaboradores.

“A verba será destinada aos cursos para ampliar ainda mais o conhecimento dos nossos colaboradores com destaque para soft skills e digitalização de processos. Com o crescimento do atendimento direto aos clientes, é cada vez mais fundamental ampliar as capacidades, habilidades e competências dos profissionais, preparando-os para realizar suas atividades com excelência”, explica.

Conforme Jaworski, a Pormade tem inúmeras inovações sendo implementadas, reflexo do investimento em educação corporativa, sendo que a grande maioria está voltada ao mercado de vendas diretas ao consumidor final, ou seja, o B2C, onde a empresa tem crescido em torno de 60% ao ano. “Quanto mais investirmos na qualificação profissional, melhor será a capacidade competitiva e criativa de toda a organização. Acreditamos muito na força transformadora da educação”, reforça.

Claudio Zini, diretor-presidente da Pormade Portas, defende que a educação é o organismo vital das empresas inovadoras. “Atualmente, a produção intelectual é o que gera riqueza para uma corporação. O aprendizado é o capital do amanhã. Não aprendemos para trabalhar, mas, sim, trabalhamos para aprender, pois a carreira profissional virou uma jornada de aprendizado e isso é o pilar de sustentação de toda companhia”, comenta.

Para Zini, a inteligência coletiva é a maior riqueza do ser humano. “Entendemos que a educação é um agente transformador, não só profissional, mas também pessoal. E quanto mais preparado estiver o colaborador, mais motivado e apto ele estará a nos ajudar a superar os desafios que possam surgir no caminho”, finaliza.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »