26/08/2014 às 11h03min - Atualizada em 26/08/2014 às 11h03min

Editora Leopoldianum, da Unisantos, lança obras na Bienal do Livro de São Paulo

No evento, a editora integra o estande coletivo da ABEU – Associação Brasileira das Editoras Universitárias

Vervi Assessoria

A Leopoldianum, da editora da UniSantos, participa da 23ª Bienal do Livro de São Paulo, que acontece de 22 a 31 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Anhembi. A editora realizou, no dia 25, o lançamento dos livros Na Epiderme da Rocha – História, Educação e Patrimônio na Serra da Capivara, dos professores doutores Cesar Agenor Fernandes da Silva e Rodrigo Christofoletti, e Demóstenes Educador – o pensamento ético, político e pedagógico do maior orador da Antiguidade, do filósofo e jornalista Roberto Carlos Gomes de Castro.

O título Na Epiderme Da Rocha: História, Educação E Patrimônio Na Serra Da Capivara reúne um conjunto de ensaios críticos e um amplo registro fotográfico da área, abordando o turismo cultural e ecológico como motor de desenvolvimento econômico e social. Graças ao trabalho da professora Niède Guidon, desde 1970, o sítio arqueológico encontra-se preservado e abriga o Museu do Homem Americano. O livro é fruto de experiência vivida, entre 2011 e 2012, por estudantes e pesquisados do curso de História da UniSantos, que visitaram o local para uma troca de experiências com os arqueólogos que atuam na região.

A ação e a formação humana conforme Demóstenes são discutidas no título Demóstenes educador - o pensamento ético, político e pedagógico do maior orador da Antiguidade, construído através de uma intensa pesquisa realizada sobre a vida, a obra e a visão do pensador a respeito da democracia e sua retórica pedagógica. Segundo o autor, Demóstenes não foi um educador no sentido literal da palavra, assim como Platão e Isócrates. Era, antes de tudo, um orador e um político, contudo, propôs uma reforma moral nos cidadãos atenienses, na qual era exposta seu ideal de homem e o modo de atingí-lo. Tornou-se então, neste sentido, um educador.

 

 

 

Também será lançado pela editora Leopoldianum, nos dia 27, às 12h, o livro Movimento – da palavra ao texto, fruto de uma Oficina de Escrita Criativa, que reúne crônicas e poemas escritos por 12 estudantes do 2º e 3º anos do Ensino Médio do Liceu Santista, de Santos, SP.

A 23ª Bienal do Livro de São Paulo será realizada de 22 a 31 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, avenida Olavo Fontoura, n° 1.209, em Santana. A editora Leopoldianum estará presente no estande da ABEU (Associação Brasileira das Editoras Universitárias), Rua G, 300.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »