27/08/2014 às 17h51min - Atualizada em 27/08/2014 às 17h51min

Virada Sustentável reúne 43 trabalhos que integram moda e design

Peças foram produzidas em parceira com a By Kamy e curadoria da designer italiana Francesca Alzati. Composições unem a ideia de renovação de materiais e aplicações, em diferentes formas de arte

Ricardo Viveiros & Associados

Quarenta e três trabalhos produzidos pelos alunos de moda da Faculdade Santa Marcelina - FASM, com parceria da By Kamy e curadoria da designer italiana Francesca Alzati, integram a 4ª edição da Virada Sustentável, que acontece entre os dias 28 e 31 de agosto, em São Paulo.

Os trabalhos, que estarão expostos na unidade Perdizes da FASM, tem como tema o DNA Têxtil, que apresenta a tecelagem como o ponto de partida para diferentes formas de arte. A exposição foi uma das atrações do Design Weekend, mas no ambiente acadêmico ganha uma proposta multidisciplinar. Nesta quinta, dia 28, às 19 horas, haverá o show da Banda Capela, que tem entre seus integrantes o aluno de música da instituição, Leo Nicolosi; a apresentação do duo composto por Liza Yukie Matsuda (voz) e Tatiana Shizue Henna (arpa), também estudantes de música; e Giuliana Lunardelli, aluna de moda que fará apresentação de voz e violão com seu colega Leo.

 

Moda e design

A ideia da exposição é resgatar o valor do têxtil e a consciência de que o produto está presente nos mais diversos setores. Além do seu valor cultural e histórico, a cadeia produtiva envolve diversos segmentos, desde a coleta da matéria-prima, os trabalhos de fiação, tingimento, tecelagem, beneficiamentos, estamparia, até a confecção final. Soma-se a isso as pesquisas tecnológicas de fibras e materiais, que permitiram ampliar as formas de utilização. A proposta faz uma reavaliação do têxtil com um novo enfoque, mostrando o que já existe de uma maneira original, mas inserindo-o em um contexto renovado.

A parceria entre academia e mercado promoveu a conexão da cultura do design com outros universos e possibilitou uma releitura dos materiais. “A experiência permitiu aos alunos participarem do processo produtivo de uma grande marca, pautados por critérios rigorosos e prazos apertados. Foi muito rico”, avalia a diretora acadêmica, Suli de Moura.

Os alunos da FASM receberam da By Kamy a proposta de três temas: guarda-chuvas em tons de azul; objetos desenvolvidos em tons do preto ao branco; e pipas com diferentes designs em tons de laranja e vermelho. Um quarto tema foi incluído nos trabalhos, os vestidos, como não poderia deixar quando se trata de alunos de moda.

O exercício da imaginação deu lugar a uma gama de itens dos mais inusitados, composições que unem a ideia de renovação de materiais e aplicações.

Um tema simples como guarda-chuvas azuis pode se desdobrar nas mais diversas interpretações. Beatriz Aguila Raimundo optou pela beleza, criando uma peça com flores de papel e garrafa PET; Caroline Zequim trouxe a praticidade do jeans; Hudson Anjos transformou o objeto em um lustre de águas vivas; e Gabriela Rangel retratou o petróleo do pré-sal.

Os bichinhos também estão presentes na mostra. Vários pipas têm a forma de pássaros, libélula e peixe. O trabalho De pet para pet, de Vitória Caffer, propõe a reutilização dos pelos da tosa dos animais para criar tramas para a produção de roupinhas para agasalha-los e protege-los.

 

A proposta de renovação e releitura do uso de objetos e materiais ganha volume na obra de Giuliana Lunardelli, que transforma a bicicleta em cabide e a batiza de “Recomeço”.

 

Confira todos os trabalhos e seus criadores no link: http://dw.bykamy.com/.

 

Serviço:

Virada Sustentável

Exposição DNA Têxtil

De 28 e 29 de agosto, das 9 às 21 horas

30 de agosto, das 9 às 14 horas

Shows:

Banda Capela

Duo Liza Yukie Matsuda (voz) e Tatiana Shizue Henna (arpa)

Juliana Lunardelli

Local: Faculdade Santa Marcelina – FASM

Rua Dr. Emílio Ribas, 89 – Perdizes

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »