14/06/2012 às 00h15min - Atualizada em 14/06/2012 às 00h15min

Venda de imóvel usado cresce nos primeiros cinco meses do ano em SP

Crescimento de 14% - Valor médio das unidades residenciais comercializadas nos principais bairros da capital paulista foi de R$ 430 mil, contra R$ 400 mil em 2011, aponta a Lello

Carlos Prado - Lello Imóveis

As vendas de imóveis residenciais usados (prontos para morar) na cidade de São Paulo cresceram 14% entre janeiro e maio deste ano na comparação com o mesmo período de 2011. É o que aponta levantamento da Lello, empresa líder em administração imobiliária no Estado.
Segundo a administradora, o valor médio das casas e apartamentos comercializados nos principais bairros do centro expandido da capital paulista nos cinco primeiros meses deste ano foi de R$ 430 mil, contra R$ 400 mil no período de janeiro a maio de 2011 e R$ 350 mil nos cinco meses iniciais de 2010.
Do total de imóveis comercializados entre janeiro e maio deste ano, 45% foram por intermédio de financiamentos concedidos pelos bancos, mesmo índice registrado em 2011. Há sete anos, no entanto, os financiamentos de imóveis usados, do chamado “mercado secundário”, representavam apenas 15% do total vendido na cidade.
As unidades mais procuradas pelos compradores foram apartamentos de um e dois dormitórios com vaga na garagem em condomínios dotados de áreas de lazer, segurança e preferencialmente próximos a estações de metrô. Os apartamentos representaram 60% das vendas nos cinco primeiros meses do ano.
“Os imóveis continuam se valorizando, como prevíamos que iria acontecer, e são uma excelente alternativa de investimento frente à redução das taxas de juros pagas pelas principais aplicações bancárias”, diz Roseli Hernandes, diretora comercial da Lello Imóveis.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »