08/08/2014 às 04h28min - Atualizada em 08/08/2014 às 04h28min

Conseg Batel de luto repudia mortes de policiais militares em serviço

Assassinatos aconteceram em Medianeira, interior do Paraná, no dia 4 de agosto

NCA Comunicação

O assassinato de dois policiais militares em serviço, no município de Medianeira, no último dia 4 de agosto, recebeu manifestações de repúdio do presidente do Conseg Batel, Acef Said.  "Não podemos mais tolerar que homens que defendem a comunidade sejam mortos enquanto cumprem seu dever", disse. "Colocamos uma faixa preta na fachada da entidade em sinal de luto pelas mortes", informou. Said disse que esse episódio trágico que ocorreu no interior do Paraná deve ser um divisor de águas. "Vamos pedir uma audiência com as autoridades estaduais para definir medidas e alternativas eficientes sobre a questão da violência", destaca. Para ele, um dos problemas que deve ser solucionado com urgência refere-se à falta de vagas no sistema prisional em nosso país. "Precisamos de mais presídios, de reformas nas delegacias que, em sua maioria, apesar dos esforços do governo do nosso Estado, estão muito aquém das condições ideais de abrigar presos para que estes, quando libertados, reintegrem-se à sociedade", sugere. 

Said disse que o Conseg Batel,  que está de luto, prepara um ofício para ser encaminhado ao governador Beto Richa, Secretaria de Estado da Segurança Pública e ao Comando Geral da Polícia Militar. "Queremos conversar e debater de forma organizada para procurar e encontrar uma solução viável que evite que homens de bem que estão nas ruas defendendo a população fiquem à mercê de bandidos. A criminalidade necessita voltar a ter respeito pela polícia e saber que aqui no Paraná eles serão presos!". "Bandido bom é bandido preso, condenado e ressocializado", ressalta o presidente da entidade. 

Crimes 

No último dia 4 de agosto, dois policiais militares lotados na cidade de Medianeira, no oeste do Paraná, foram assassinados, por volta das 21h30, próximo a BR 277, no momento em que tentaram abordar um veículo suspeito. Os oficiais estavam na região central da cidade durante uma abordagem a ocupantes de uma motocicleta, quando foram mortos por um bandido que chegou por trás disparou contra eles, sem chance de defesa. Os PMs Jorge Luiz da Fonseca, 28 anos, e Diego Gugel Araújo, 29 anos, foram atingidos pelas costas e na cabeça. O bandido que atirou, embarcou em um Honda Fit, de cor prata, e fugiu com mais comparsas sentido Ramilândia. O automóvel usado no crime foi abandonado e em seguida apreendido. Os criminosos teriam, ainda, tomado de assalto de uma família um Honda Civic e fugido novamente. 

Conseg-Batel

Rua Ângelo Sampaio, 1564, Curitiba-PR

www.consegbatel.org.br


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »