06/08/2014 às 18h33min - Atualizada em 06/08/2014 às 18h33min

Sabesp. Câmara aprova CPI

O vereador Laércio Benko, autor do requerimento de CPI vai presidir a comissão que terá ainda mais 8 membros.

Comunicação Laércio Benko

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou hoje (06/08) por 30 votos a CPI que vai investigar o contrato de fornecimento e distribuição de água na cidade feito pela Sabesp. O vereador Laércio Benko, autor do requerimento de CPI vai presidir a comissão que terá ainda mais 8 membros. Os partidos têm até a próxima semana para indicar os membros da comissão. A CPI vai ter 120 dias, que poderão ser prorrogados, para descobrir os motivos que estão levando vários bairros da cidade a ficarem sem água.

“Não dá mais para a população ficar sofrendo e ouvindo apenas desculpas esfarrapadas, para justificar o colapso no abastecimento de água. A CPI é legitima pois vai investigar um problema que afeta a população da cidade. A Sabesp é uma empresa contratada da Prefeitura. Da mesma forma que investigaríamos uma empresa que fornece merenda e comete irregularidades”, explicou Laércio Benko.

Alguns vereadores demonstraram temor de que a CPI seja usada politicamente no período eleitoral. “Não existe essa possibilidade. O que queremos é dar uma resposta ao cidadão que está ficando sem água por dias e para que essa situação não mais se repita”, disse Benko. As outras 8 vagas da CPI vão ser preenchidas obedecendo a ordem de acordo com a representação partidária. Assim, o PSDB, PT, PSD,PV,PTB, PMDB, Pros e Bloco Parlamentar PR/DEM vão indicar um integrante cada um.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »