30/05/2012 às 00h29min - Atualizada em 30/05/2012 às 00h29min

Weekend retrata o amor entre dois homens surgido em um encontro casual

Aclamado pela crítica internacional, longa adentra ao campo de temas universais, como relacionamento, medo, amor e solidão, sob a perspectiva gay

Agência Lema

Dois homens gays se encontram casualmente e passam o fim de semana juntos, travando um diálogo ao mesmo tempo simples e interessante a respeito de temas presentes na vida da maioria das pessoas, como relacionamento, medo, amor e solidão. É em torno destas 48 horas, vividas pelos atores Tom Cullen e Chris New, que gira Weekend, do cineasta Andrew Haigh, que estreia em São Paulo no dia 8 de junho, distribuído pela Festival Filmes. O filme já foi exibido no Festival do Rio, em 2011, e ficou entre os 15 mais procurados pelo público.

Ambientado no Reino Unido, o longa conta a história entre dois jovens que tentam dar sentido a suas vidas. Em uma noite de sexta-feira, após sair com seus companheiros heterossexuais, Russell (Tom Cullen) dirige-se para uma discoteca, onde conhece Glen (Chris New). A partir daí os dois vivem momentos repletos de bebidas, drogas, conversas e sexo. As visões diferentes de ambos sobre o mundo os despertam para um momento subentendido na tela e convidam o expectador a confrontar e refletir a respeito de suas ideologias.

Weekend transpõe a barreira do gênero, do rótulo, da orientação sexual e adentra ao campo dos temas universais, sem perder, entretanto, a perspectiva gay. Alguns questionamentos são inevitáveis: É possível ser feliz sozinho? Quem nos tornamos cada vez que conhecemos alguém? Podemos nos apaixonar em pouco tempo? são alguns deles. “Eu quis ter certeza de fazer uma história que pudesse ser sentida por qualquer pessoa, mas que falasse também dos problemas de homens gays. O peso de ser diferente ainda existe”, declarou o cineasta Andrew Haigh em entrevista ao jornal britânico The Guardian.

Aclamado nos festivais mundo a fora, o filme conquistou, inclusive, o Prêmio de Público no South by Southwest (SXSW), um dos mais importantes festivais de música, cinema e interatividade do mundo que, em 2011, reuniu cerca de 30 mil pessoas no Texas. A produção recebeu ainda o Prêmio do Júri no Outfest Festival, em Los Angeles; e Tom Cullen o Prêmio de Melhor ator no Nashville Film Festival. Além dos EUA, o filme já foi exibido em países como Reino Unido, Alemanha, França, e Polônia.


Sinopse

Um caso de uma noite que se torna algo mais. Uma história de amor pouco convencional entre dois jovens que tentam dar sentido a suas vidas.

Em uma sexta-feira à noite, após sair com seus amigos heterossexuais, Russel (Tom Cullen) dirige-se a um clube gay, sozinho e à procura de alguém. Pouco antes de fechar, ele conhece Glen (Chris New). E assim começa o final de semana dos dois, em bares e quartos, se embebedando e usando drogas, conversando e fazendo sexo. Um encontro que vai repercutir por toda a vida.

 

Ficha Técnica

Nome: Weekend

Título original: Weekend

Ano de lançamento: 2011

País de origem: Rússia

Gênero: drama

Duração: 96 min.

Russell......................................................Tom Cullen

Glen..........................................................Chris New

Jamie........................................................Jonathan Race

Jill..............................................................Laura Freeman

Johnny......................................................Jonathan Wright

Cathy.........................................................Loretto Murray

Helen.........................................................Sarah Churm

Diretor/ Roteirista/Editor……….………....Andrew Haigh

Editor assistente………………..................Yichen Wu

Produtores ………………..........................Tristan Goligher e Samantha Manalang

Produtores executivos…………………….Anna Seifert Speck e Suzanne Alizart

Co-produtor.............................................. Clare Mundell

Diretor de Fotografia ………………......….Ula Pontikos

Designer de Produção…………………….Sarah Finlay

Diretor de Arte………………………………Lorna Dunn

Figurino……………………………..........….Sarah Finlay

Maquiagem……………………………….…Pat Wintersgill

Música………………………………………John Grant

Técnico de som.........................................Tim Barker

 

Diretor

Andrew Haigh trabalhou por vários anos na edição de filmes que vão desde "O Gladiador", de Ridley Scott, a "Mister Lonely", de Harmony Korine. Ele dirigiu uma série de curtas-metragens apresentados em festivais do mundo inteiro, incluindo Berlinale, Edinburgh, Nashville e Londres. Seu primeiro longa-metragem, "Greek Pete", foi lançado na Inglaterra e nos Estados Unidos em 2010. Em 2008, Haigh foi indicado como uma das "Estrelas do Amanhã" do Screen International.

 

Citações

“Uma surpreendente nova voz no cinema britânico”

Alan Hunter, Screen International


“Um romance com interpretações primorosas e ritmo perfeito.”

Catherine Shoard, The Guardian

 

“Realização perfeita. Panorama revigorante e atual do sexo, da intimidade e do amor.”

A.O. Scott, New York Times


link do trailler do filme: http://vimeo.com/42418270


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »