23/10/2020 às 11h57min - Atualizada em 23/10/2020 às 15h06min

Cores e papéis de parede que estão em alta em 2020

Conheça as principais tendências para decoração de espaços internos.

SALA DA NOTÍCIA Isabela Amorim Santiago

Você não precisa mudar de casa para alterar o ambiente ao seu redor. O uso de elementos, como a pintura e a aplicação de papéis de parede, fazem toda a diferença, deixando o lugar com outro astral.

Neste ano, a tendência da vez é a criatividade. Cores mais fortes e papéis de parede com estampas geométricas, por exemplo, fazem parte da seleção perfeita para quem deseja renovar o ambiente da sua casa. Isso sem falar das novidades, como os papéis de parede 3D e as estampas tropicais.

Com elegância, muita criatividade e um novo revestimento interno, como os que serão indicados a seguir, você vai conseguir renovar completamente o lugar onde vive. Esta é uma superoportunidade para deixar o seu espaço cada vez mais parecido com o seu estilo.

Cores

As cores trazem um aspecto totalmente novo, além de fazer despertar diferentes sensações. Os tons quentes vieram com tudo neste ano. Cores como terracota e coral são as tendências da vez e podem muito bem ser aplicadas na pintura de paredes.

A marca Pantone, reconhecida em todo o mundo por seu sistema de cores, usado no universo da moda e da decoração, definiu o classic blue como a cor de 2020. Segundo a empresa, trata-se de “um matiz de azul atemporal e duradouro, elegante em sua simplicidade”.

Outra tendência é misturar o uso de paredes pintadas com essas cores mais quentes em composições com papéis de parede, que serão indicados a seguir. 

Papéis de parede

O uso do papel de parede é outra forma de dar um novo acabamento para o interior da casa. Este tipo de revestimento é muito usado, principalmente, por quem deseja ousar, já que a maioria deles são estampados. 

Neste ano, a tendência é apostar em elementos de tamanhos maiores, com cores fortes, como mostarda, marrom, alguns tons de vermelho e até dourado, sobretudo, nos detalhes. 

Abstrato

Estampas abstratas vêm com tudo neste ano, e os papéis de parede não poderiam ficar de fora. Esta é uma boa opção para quem deseja modelos sem muita linearidade ou contornos em sua composição, querendo fugir do padrão convencional. Dá para misturar elementos mais chamativos com paredes em tons mais claros, por exemplo, para ter mais equilíbrio na composição das cores.

Azulejo

Já ouviu falar em clássicos repaginados? O papel de parede com estampa de azulejo é um exemplo disso. São opções para quem quer dar uma nova cara a cômodos como banheiro e cozinha. Modelos em tons mais claros, como amarelo, azul e verde-água, são os mais indicados para quem quer deixar o espaço mais alegre e colorido.

Degradê

Com uma pegada bem diferente, os modelos em degradê se misturam um pouco com os abstratos. Cores, como o cinza, que vai escurecendo horizontalmente, podem dar um acabamento mais urbanístico para o cômodo desejado.

 

O papel de parede no modelo degradê também pode aparecer nas cores que são tendência para este ano, como azul, vermelho e até tons corais — tudo vai depender do seu gosto.

Geométrico e 3D

Outro modelo que vem com tudo é o geométrico. Existem diversos tipos, com formatos dos mais variados, excelentes para quem busca estar em um ambiente que emana criatividade.

 

A novidade são os modelos 3D, que também são geométricos, mas dão uma sensação de realismo impressionante para as paredes. Quem gosta de inovação, vai adorar. 

Madeira

Para quem tem um estilo mais rústico, por exemplo, a sugestão da vez é a aplicação de papéis de parede com estampa de madeira. Na verdade, trata-se de uma imitação bem realística desse material, custando muito menos.

Existem modelos mais básicos, em que a composição é mais simples e em tons mais claros, e outros mais descontraídos, com uma maior gradação de cores, como marrom e verde musgo.

Tropical

Por último, um modelo que também é tendência é o tropical. A relação com o meio ambiente é destaque neste tipo de papel de parede que privilegia formas de flores e plantas, originárias do universo botânico e das florestas tropicais.

As estampas são grandes, podendo misturar tons mais claros com detalhes mais escuros e vice-versa. No entanto, aqui, o detalhe é a pegada ambiental vinculada à noção de sustentabilidade, tão necessária para a manutenção do nosso planeta.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »