21/10/2020 às 11h21min - Atualizada em 21/10/2020 às 11h21min

Encontro entre religiões, “Ninguém se salva sozinho – paz e fraternidade”

Encontro internacional de oração pela paz entre as grandes religiões mundiais intitulado “Ninguém se salva sozinho – paz e fraternidade”

Redação
Foto:Francesco_Ammendola

Encontro internacional de oração pela paz entre as grandes religiões mundiais intitulado “Ninguém se salva sozinho – paz e fraternidade”
O Presidente da República, Sergio Mattarella, falou na cerimônia de encerramento do encontro internacional de oração pela paz entre as grandes religiões mundiais, intitulado: “Ninguém se salva sozinho – paz e fraternidade”, que aconteceu na Piazza del Campidoglio.
Depois das saudações de Andrea Riccardi, fundador da Comunidade de Sant’Egidio, e do Presidente da República, Sergio Mattarella, fizeram uso da palavra os representantes das comunidades religiosas: Sua Santidade Bartolomeu I, Patriarca Ecumênico de Constantinopla; Rav Haim Korsia, Rabino Chefe da França; Mohamed Abdelsalam Abdellatif, Secretário Geral do Comitê Superior da Fraternidade Humana; Ven. Shoten Minegishi, representante oficial do Budismo “Soto-Zen” japonês; Karmaljit Singh Dillon, membro do Comitê Nacional Sikh Gurdwara Parabandhak; Sua Santidade o Papa Francisco.
No final do minuto de silêncio em memória das vítimas da pandemia e de todas as guerras, foi lido o Apelo à Paz Roma 2020.
O Santo Padre, junto com os líderes religiosos, o presidente Mattarella e uma representação de jovens de várias nacionalidades, acendeu o candelabro da paz.
A cerimónia terminou com a assinatura do Apelo de Paz Roma 2020.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »