01/10/2020 às 16h02min - Atualizada em 07/10/2020 às 20h35min

Dicas para mobiliar sua casa nova gastando pouco

Depois de encontrar um lugar para chamar de seu, é o momento de pensar em como mobiliar o local, para que ele fique aconchegante. A lista parece não ter fim: cama, modelo de sofá, mesa, geladeira, fogão, micro-ondas, etc.

 

Por isso, é importante adotar uma estratégia para mobiliar a casa aos poucos. Assim, você tem maior controle dos gastos, evitando comprar por impulso. Separamos algumas dicas fundamentais para passar por esse processo gastando pouco, confira.


Planeje cada cômodo

Tire medidas, imagine onde cada acessório será colocado e veja qual é a maneira mais funcional de fazer essa distribuição. Antes de sair às compras, é essencial entender o espaço disponível e os itens que você quer colocar nele.

 

Quando uma pessoa pula essa etapa do processo, ela pode acabar comprando um sofá muito grande para a sala, por exemplo, impedindo que uma poltrona seja colocada ou até uma pequena mesa. Assim, os planos se desfazem rapidamente.

 

Portanto, para evitar compras equivocadas, tenha as medidas de todos os cômodos em mãos e faça uma previsão do tamanho de cada item, como o sofá, a televisão e a estante.


Pesquise os preços em lugares diferentes

Se o objetivo é economizar, será necessário pesquisar e negociar preços. Por isso, use a internet como aliada e procure os móveis em diferentes lojas, verificando o valor do frete.

 

Depois, é possível visitar algumas lojas pessoalmente. Desse modo, é mais fácil negociar descontos e formas de pagamento. Guarde todas essas informações em uma tabela, veja quais produtos estão mais em conta e qual é a melhor forma de comprar: pela internet ou estabelecimento físico.


Liste o que é essencial

É possível economizar durante o processo, mas mobiliar um imóvel completamente é algo que leva tempo e exige gastos. No entanto, nem sempre é possível esperar que a mobília seja finalizada para se mudar.

 

Nesses casos, faça uma lista de todos os móveis que são essenciais, como cama, fogão, geladeira e mesa. Dessa forma, é mais fácil visualizar quais itens merecem a sua atenção prioritária, enquanto outros podem esperar.


Crie um cronograma de compras

Seguindo o tópico anterior, é evidente a dificuldade em mobiliar o novo lar de uma só vez. Uma maneira de economizar e comprar os móveis de forma estratégica é por meio de um cronograma de desembolso.

 

Depois de definir os itens essenciais para a sua mudança, veja quais serão os próximos móveis a serem comprados. Você quer começar pelo quarto, sala ou cozinha? A ideia é equilibrar o orçamento e ir comprando aos poucos.


Procure móveis usados

Muitas pessoas se desfazem dos móveis porque estão refazendo a decoração, por isso, os itens, normalmente, estão em bom estado. Portanto, não deixe de conferir os sites que oferecem esse tipo de produto. Além disso, algumas feiras, bazares e brechós podem ser uma boa oportunidade de compra.

 

Entretanto, alguns cuidados são necessários durante esse processo. Antes de fechar o negócio, verifique o real estado do item, peça fotos e, se possível, veja-o pessoalmente. Afinal, reformar um móvel pode ser mais caro do que comprar um novo.


Considere a decoração minimalista

Quando falamos em minimalismo, o objetivo é comprar menos e melhor. A ideia principal de uma decoração minimalista é ter móveis funcionais, que preenchem o ambiente, mas sem ter a necessidade de adquirir um grande volume de produtos.

 

Portanto, ao usar essa estratégia na hora da decoração, é possível economizar e ainda garantir a sofisticação em cada cômodo. Mantenha apenas o que é funcional e traz uma sensação de bem-estar, evitando acumular itens desnecessários.


Aposte em pintura e iluminação

Deixando os móveis de lado por um momento, outros dois pontos que fazem toda a diferença e não necessitam de grande investimento são pintura e iluminação. Se pensadas de maneira estratégica, elas têm a capacidade de criar um ambiente aconchegante e mais amplo.

 

Desse modo, não é necessário desembolsar grandes quantias para personalizar o seu novo lar. Assim, você começa a estruturar o local e a se sentir em casa, mesmo antes de terminar a mobília.


Faça você mesmo

Outra maneira de economizar durante o processo é deixar a facilidade de comprar tudo pronto de lado e colocar a mão na massa. Ou seja, faça você mesmo certas tarefas. Na parte da pintura, por exemplo, é possível dispensar o pintor e assumir essa função.

 

Além disso, alguns móveis podem ser feitos com paletes, trazendo um ar rústico para a decoração. Portanto, procure soluções na internet e veja o que é possível fazer sozinho, como prateleiras e nichos.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »