18/09/2020 às 10h49min - Atualizada em 18/09/2020 às 15h38min

Confira os 5 principais cuidados para manter sua saúde bucal

Todo mundo, em algum momento da vida, já passou pela fase de procurar o sorriso perfeito. Porque é como dizem, o sorriso é a porta de entrada das primeiras impressões. Ter dentes bonitos aumenta autoestima e gera mais confiança. 

 

Sabe aquelas propagandas de creme dental em que todos os atores tem aquele sorriso branco, bonito, brilhoso e com o aspecto mais saudável possível? Parece um sonho, não é mesmo? 

 

Acontece que o sorriso perfeito provém de uma ótima saúde bucal. E, dentes somente brancos não necessariamente refletem uma boca livre de doenças. 

 

Por isso, antes de você ir atrás do sorriso perfeito, tente lembrar como anda sua saúde bucal. Reflita algumas questões, como: há quanto tempo você não frequenta um dentista? Você faz a escovação correta dos dentes? Você tem o costume de ter uma alimentação saudável? Você procura ter um plano odontológico sempre em dia para casos de emergência? 

 

Se você não souber responder uma dessas questões, é sinal de que você precisa prestar mais atenção na saúde da sua boca. 

 

Continue lendo este artigo para saber os principais cuidados para se ter uma boca saudável e bonita. Mas, antes, vem o questionamento: por que é necessário ter tanto cuidado com a saúde bucal? 

 

Cuidado com a saúde bucal: doenças que podem ser evitadas

 

Pouca gente sabe, mas existem uma série de doenças que são potencializadas quando sua saúde bucal não está em dia. A má higiene bucal faz com que bactérias e fungos se proliferem dentro da boca, trazendo consequências muito maiores do que se imaginam. 

 

Doenças bucais como cáries, gengivite, inflamação etc, são comuns quando não há uma rotina de cuidados com os dentes.

 

As cáries dentárias são reflexos diretos de uma má alimentação e escovação precária. O acúmulo de sujeiras na nossa boca aliado às bactérias, formam a deterioração dos minerais do nosso dente, corroendo a estrutura óssea da arcada dentária.

 

Em casos mais graves, a cárie é capaz de deixar lesões profundas e leva até a  perda do dente. 

 

No caso da gengivite, o processo também se dá pela precariedade da limpeza da boca. O acúmulo de restos de comida nas gengivas podem levar a grandes inflamações ao redor dos dentes. 

 

A gengivite agravada, chamada de periodontite, pode causar retração da gengiva e também a perda do dente. 

 

As feridas e inflamações bucais são consideradas distúrbios da boca causados por uma série de motivos: desde reações alérgicas a tabagismo ou doenças sistêmicas. De qualquer forma, uma boca saudável ajuda a conter o avanço dessas inflamações. 

 

Outras doenças não tão relacionadas diretamente com a boca, mas que são potencializadas por ela são:
 

  • doenças cardíacas;

  • parto prematuro;

  • enxaquecas;

  • doenças pulmonares;

  • agravamento da diabetes.

 

De toda forma, se você apresentar um dos sintomas de problemas bucais consulte um especialista no mesmo instante, porque a espera para fazer o diagnóstico e o tratamento pode levar a consequências muito mais graves. 

 

Por isso, tenha sempre um convênio odontológico ou um plano de saúde de sua confiança para buscar os melhores profissionais e te ajudar nesse sentido.

 

Principais cuidados com a saúde bucal 

Agora que você já sabe as possíveis doenças que podem causar com a má higienização da boca, não vai mais ficar perdendo tempo sem cuidar da sua saúde bucal, não é mesmo? 

 

Mas, para ter uma rotina certa você precisa saber quais os principais cuidados necessários. Então continue neste artigo e confira. 


1 - Tenha uma rotina de escovação  

Lembra aquela voz da mãe ou da tia da escolinha sempre mandando escovar os dentes toda hora? Pois é, elas estavam certas! É desde as primeiras idades da criança que precisamos ensiná-las a criar o hábito da escovação. 

 

Escovar os dentes é aquela dica que parece meio óbvia, mas que te livra de uma infinidade de doenças bucais. É necessário escovar sempre após as refeições, todos os cantos da boca, fazendo movimentos circulares e curtos. 

 

Não esqueça de escovar a língua de trás para frente!

 

Além disso, é necessário trocar a escova de dente a cada 3 meses, no mínimo, porque para os dentistas, depois deste período as cerdas das escovas não são mais tão eficientes. 

 

Outro ponto importante na escovação, é sempre passar fio dental depois de escovar. O fio dental consegue limpar as frestas dos dentes onde as cerdas da escova não conseguiu chegar. 

 

2 - Coma alimentos saudáveis

Não tem jeito, mas a alimentação saudável é importante para diversas partes do nosso corpo, inclusive para a nossa saúde bucal. Manter uma alimentação balanceada é fundamental, porque existem alguns alimentos que fortalecem os dentes e deixam a boca mais saudável. Por exemplo:
 

  • frutas como maçã e pêra;

  • laticínios como leite e queijos brancos;

  • farinhas como linhaça;

  • verduras e legumes como cenoura, couve e espinafre.


Além disso, o consumo de açúcar e carboidratos em excesso potencializa doenças como a cárie, enfraquece os ossos da arcada dentária e prejudica o esmalte dos dentes. Por isso, atente-se ao consumir certos alimentos com elevada concentração de açúcar. 

 

3 - Se mantenha hidratado


A água é essencial para a vida humana em diversos quesitos, para a saúde bucal não é diferente. A água ajuda na limpeza da boca e também auxilia na produção de saliva, deixando a nossa boca mais hidratada e menos propícia a desenvolver bactérias. 

 

4 - Evite palito de dente e objetos pontiagudos

 

Se você tem aquele costume de limpar os cantos dos dentes com palitos ou objetos pontiagudos pare imediatamente! 

 

Além de não ser eficiente, porque o palito não consegue retirar os resíduos de alimentos de forma completa, ele pode causar infecções, feridas, retração da gengiva e aumenta os espaços entre os dentes.

 

Sim, isso tudo acontece com o uso regular de palitos de dentes. Para substituir, neste caso, utilize fio dental e a escova de dente própria. 

 

5 - Visite o dentista regularmente


Não basta procurar o dentista só quando acontece um problema sério. É necessário que as visitas periódicas aconteçam para evitar que doenças piores se desenvolvam na sua boca.
 

O acompanhamento médico é importante porque existem alguns tipos de doenças silenciosas, que não apresentam sintomas, mas que se não houver um acompanhamento pode gerar muitas complicações. 

 

Caso você não faça nenhum tipo de tratamento ortodôntico, o recomendável é procurar um dentista a cada 6 meses e fazer um check up total da saúde da sua boca. 

 

Para isso, procure um  convênio dental que atenda suas especificidades ou pergunte à empresa que você trabalha se oferecem algum tipo de plano empresarial odontológico. 

 

Dessa forma, fica mais fácil cuidar da sua saúde bucal e assim conquistar o sorriso perfeito que tanto amamos! 

 

Conteúdo produzido por Beatriz Estima, assessora e redatora na empresa Ideal Odonto

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »