17/09/2020 às 15h21min - Atualizada em 17/09/2020 às 15h21min

Retorno as aulas na Capital está autorizada

Quarentena: aulas para alunos de ensino superior poderão ser retomadas a partir de 7 de outubro na cidade de São Paulo

Redação
Centros para Crianças e Adolescentes (CCAs) também poderão reabrir para atendimento socioemocional para jovens e crianças com idade entre 6 e 14 anos

A Prefeitura de São Paulo autorizou a retomada das aulas nas instituições de ensino superior da capital a partir do próximo dia 7 de outubro. As unidades deverão obedecer aos protocolos sanitários previstos no Plano São Paulo, do Governo do Estado. 
Ainda não há data definida para que todos os estudantes e educadores voltem presencialmente às escolas, a definição ocorrerá após a realização da quarta etapa do inquérito sorológico, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, com alunos das redes pública e particular.
A retomada vai de encontro aos resultados colhidos pelo último Inquérito Sorológico feito com os adultos na capital. Para a reabertura, será respeitada a autonomia das universidades e o entendimento de cada unidade, que poderá decidir sobre como e quando será o funcionamento, sempre de acordo com os protocolos sanitários.
A partir da mesma data também está autorizada a volta das atividades extracurriculares opcionais (como aulas de línguas, música, e principalmente ligadas ao acolhimento e aprendizado de protocolos) nas escolas da rede pública e privada da cidade ofertadas aos alunos com idade até 17 anos, também respeitando os protocolos já elaborados pelo Estado e pelo Município. Estas atividades também não serão obrigatórias, mas poderão ser um passo importante para as unidades que desejarem ter algum tipo de atividade. 
Até o momento, a cidade de São Paulo conseguiu seguir o plano de flexibilização sem retroceder, há várias semanas com redução na quantidade de internações e óbitos na capital. Por isso, todo o processo para a retomada do setor educacional será feito com cautela. 
Os protocolos para retomada das atividades previstos no Plano SP podem ser acessados no link https://www.saopaulo.sp.gov.br/planosp/.

Abertura dos Centros para Crianças e Adolescentes (CCAs)
A partir do dia 7 de outubro, 110 unidades do Centro para Crianças e Adolescentes (CCAs) serão reabertas exclusivamente para o atendimento socioassistencial. A ação tem o objetivo de acolher de jovens e crianças com idade entre 6 e 14 anos em situação de alta vulnerabilidade social, como vítimas de agressão. 
Só na Secretaria Municipal de Saúde há o relato de pelo menos 5 mil crianças vítimas de violência doméstica. As crianças serão direcionadas pelos equipamentos de Saúde da capital, como as Unidades Básicas de Saúde (UBS). 

Reforço na Rede Municipal de Ensino
Atualmente, a Secretaria Municipal de Educação está direcionando todo o seu esforço para a recuperação e reforço dos alunos. Com o seu desenho finalizado, o programa terá como pressuposto uma avaliação aplicada a todos os alunos da rede para um diagnóstico, quando as aulas presenciais retornarem. 
Esta avaliação será importante para que a Prefeitura saiba exatamente o que cada aluno aprendeu e quais questões devem ser ressaltadas a partir do retorno presencial, contemplando as necessidades específicas de cada criança. Com isso, os anos letivos de 2020 e 2021 poderão ser mesclados para que haja um tempo maior para a recuperação das aprendizagens. 
Também faz parte deste programa a promoção do tempo integral, que será ampliado para todos os alunos da rede, quando houver possibilidade presencialmente nas unidades, mas também com a entrega de tablets, que possibilitarão a ampliação da jornada utilizando um meio digital. 
Por meio do projeto Sala de Aula Digital, a Secretaria Municipal de Educação já iniciou processo para compra de 465,5 mil tablets que serão utilizados por estudantes do Ensino Fundamental, Ensino Médio e CIEJA da Rede Municipal. Os equipamentos contarão com chip 4G para acesso à internet.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »