01/09/2020 às 21h16min - Atualizada em 02/09/2020 às 09h14min

Os primeiros passos para expandir o seu negócio

Na hora de decidir como começar a expandir um negócio, recorrer a linhas de crédito e onde investir o dinheiro, pode haver algumas dúvidas por parte dos empresários, sejam eles de pequenas ou médias empresas. 

 

Mesmo com uma economia instável por diversos fatores, pensar em crescimento pode ser um bom caminho para empresas que buscam modelos de negócio mais atuais, aproveitando as ferramentas disponíveis que auxiliam no planejamento e execução dos novos passos. 

 

Neste texto, você verá quais são considerados os primeiros passos para quem deseja expandir o negócio. 

Melhor momento 

Tanto para empresas consolidadas há algum tempo, quanto para negócios com pouco tempo de vida, mas que já tem possibilidade de expansão, avaliar o momento atual e entender a melhor maneira de executar uma ação é essencial. Existem diversos fatores que devem ser considerados para analisar com segurança se o período é favorável para uma expansão. 

Conversão de clientes 

Empresas mais estabilizadas costumam ter uma relação mais sólida com seus clientes e, em consequência, eles acabam fidelizando-se em quantidade maior. Isso não significa que um negócio com menos de um ano não possa se expandir, mas a aderência do público consumidor é um importante indicador.

 

Um exemplo disso são os negócios que seguem modismos. Nos últimos anos, o surgimento de produtos, como paletas mexicanas, foi um grande sucesso, possibilitando a expansão de vários pequenos e médios negócios, mas isso gerou um problema. Falaremos dele a seguir.

Demanda 

Com o consumo de produtos, como as paletas mexicanas, em alta, empresários viram uma oportunidade de investimento com retorno quase imediato. No entanto, como toda moda é passageira, a demanda pelo produto foi caindo com o passar do tempo, e isso impactou de forma significativa esse setor. 

 

Ao planejar uma expansão para o seu negócio, é preciso muita pesquisa de mercado e tendência para os próximos anos, pois, a demanda pelo seu produto pode ser decisiva para definir se o momento é propício ou não para uma expansão. 

Caixa 

Diretamente relacionado com a fidelidade dos clientes e a demanda pelo produto e/ou serviço da sua empresa, o caixa deve indicar que é possível planejar uma expansão, considerando que os resultados possam aparecer somente em médio a longo prazo. Para citar alguns elementos presentes no dia a dia da maioria dos negócios, isso requer investimentos em:

 
  • estrutura;

  • quadro de funcionários;

  • empréstimos;

  • fornecedores,

  • logística.

Ambiente on-line 

É inegável que o ambiente digital, hoje, é responsável por uma boa parte dos investimentos e dos retornos financeiros da maioria das empresas de todos os setores. 

 

Com as mudanças inesperadas em 2020, os negócios on-line ganham uma nova perspectiva e urgência na reformulação de como funcionavam e do que representavam até então. 

 

Muitos negócios passaram a funcionar de forma exclusivamente digital ou optaram por ampliar seu alcance na parcela do mercado que diz respeito às compras on-line, em sites e aplicativos, em vez de abrir novos espaços físicos. 

Planejamento e execução

Um bom planejamento leva em conta o status atual de um negócio, em paralelo com os objetivos futuros, que podem ser tanto de estabilidade, quanto de expansão. 

 

O crescimento efetivo de um negócio depende de muita pesquisa, planejamento, ações concretas e embasadas em um modelo consistente. Embora o mercado tenha exigido mais inovação, saltar sem paraquedas num ambiente novo pode ser arriscado demais. 

 

Analise bem os concorrentes, separe casos de sucesso e estruture um plano de crescimento que, mesmo sendo lento, pode garantir resultados mais sólidos para as suas necessidades.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »