01/09/2020 às 11h25min - Atualizada em 01/09/2020 às 11h30min

Qual é a importância da presença dos pequenos negócios nas redes sociais?

O uso das redes sociais vem se transformando bastante nos últimos anos. Inicialmente, desenvolvidas como um espaço para o compartilhamento de momentos pessoais entre amigos, hoje em dia, elas se tornaram em uma potente plataforma para diversas empresas, dos mais diferentes setores.

Engana-se quem pensa que apenas as grandes empresas podem se beneficiar com a construção de uma presença on-line. Na era digital, é importante que os pequenos negócios também estejam nas redes sociais. Essa é, aliás, uma excelente maneira de construir um forte relacionamento com o cliente, criar uma audiência, entre diversas outras vantagens.

Instagram como plataforma

Já não restam mais dúvidas de que o Instagram é uma das mais importantes redes sociais criadas em todos os tempos. A plataforma, que hoje em dia pertence ao gigante Facebook, ajudou a criar e consolidar tendências, bem como transformou a forma como consumimos e construímos imagens.

O impacto do Instagram é tão grande que, mesmo profissionais acadêmicos, filósofos e pensadores, realizaram e realizam estudos sobre o impacto dessa ferramenta potente na sociedade contemporânea.

Além de ser uma rede social, o Instagram é uma empresa de estratégia. Quem está presente por lá há algum tempo já percebeu que as funções da plataforma e mesmo a forma como os conteúdos lá são distribuídos estão em constante modificações, acompanhando tendências e demandas.

É exatamente por isso que estar presente lá é extremamente vantajoso para as pequenas empresas. Para começar, o Instagram tem um serviço direto de mensagens, também conhecido como DM, ou direct message, no inglês. Isso permite que clientes possam te enviar mensagens de maneira um pouco menos formal do que no e-mail.

Outra vantagem é a possibilidade de construção de uma identidade visual própria, com as ferramentas que todas as outras pessoas presentes ali utilizam. Postados com regularidade, fotos, IGTVs, lives, stories e, mais recententemente, reels, aproximam o público alvo e a empresa de maneira efetiva e cotidiana.

Dados do próprio Instagram mostram que, pelo menos, 80% dos usuários ativos interagem com, no mínimo, uma marca, e 30% deles já compraram algo que conheceram na plataforma. 

Engajamento expandido

As redes sociais, porém, devem ser vistas como uma espécie de ponto de partida, uma vez que boa parte de consumidores em potencial estão lá. A empresa pode, é claro, realizar todas as ações por meio dela, mas uma boa estratégia é que esse engajamento seja expandido.

Potencialmente, o ideal é que as redes sociais, seja o Instagram, o Twitter, o Facebook ou qualquer outra, sejam uma porta de entrada para sua a marca, mas que o cliente seja levado para o seu site, sua a loja física e eventos que você venha eventualmente promover.

As próprias redes sociais entendem a importância disso. No Instagram, por exemplo, é possível deixar o link do seu site na sua bio. Ao mesmo tempo, quem tem mais de 10K seguidores pode utilizar o famoso “arrasta para cima”. Sem contar que existe um recurso que pode ser adicionado a cada postagem de foto, que leva o usuário direto para o setor de compras do seu site.

É o recurso chamado Compras, que você, talvez, já tenha visto por aí. É um pequeno ícone, em marca d'água, que fica no topo da postagem de fotos. Ao clicar nele, o cliente é levado para o link externo que o administrador do perfil da marca tiver configurado.

Uma estratégia muito utilizada a partir desse recurso, em especial, mas não se limitando, pelas empresas dos setores de moda, são as postagens de fotos com clientes ou modelos utilizando os produtos. 

Isso tende a gerar uma maior identificação do cliente nas redes sociais do que simplesmente a foto do produto, mas, ainda assim, oferece a ele o caminho para efetuar a compra do item disponível.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »