31/08/2020 às 17h27min - Atualizada em 01/09/2020 às 00h00min

Final do primeiro semestre do ano mostra sinais positivos para o setor industrial

O setor industrial brasileiro apresentou sinais positivos com aumento recorde da produção

DINO
https://www.grupoalltech.com.br/

O setor industrial brasileiro apresentou sinais positivos ao final do primeiro semestre, principalmente em julho, com aumento recorde da produção observado pela empresa de consultoria IHS Markit. Também foi constatado crescimento significativo de novos pedidos. O Índice de Gerentes de Compras da indústria nacional passa por alterações constantemente e ficou, ainda no mês de julho, em 58,2, seis pontos a mais do que o índice em junho, mantendo-se acima da marca considerada neutra (50) pelo segundo mês consecutivo. Trata-se do melhor nível já presenciado pela pesquisa, que existe desde fevereiro de 2006.

Indústria está aquecida após reabertura da economia

A reabertura da economia aqueceu todos os setores, incluindo a demanda interna da indústria brasileira. Esse aquecimento trouxe certo grau de otimismo em relação aos meses que virão, somando-se ao fato de que, pela primeira vez em cinco meses, observou-se um movimento de geração de empregos.

De acordo com a IHS Markit, mais de 80% dos respondentes da pesquisa estão otimistas e têm boas perspectivas de crescimento. O otimismo da indústria pode ser considerado o mais elevado de 2020 até o presente momento, com empresas e fábricas indicando retomada de demandas e vendas nos próximos meses.

IBGE registrou crescimento de 9% na indústria já em junho

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou dados mostrando que a produção cresceu, praticamente, 9% em junho, após o avanço de 8,2% em maio. No geral, o mês de junho rendeu os dados mais elevados desde 2018, que obteve 12,9% também em junho, quando, na ocasião, o Brasil retomava a produção após a greve dos caminhoneiros.

No acumulado de maio e junho, o crescimento da produção foi de 17,9%, mostrando que a indústria finalmente está retomando o avanço positivo após fortes perdas em razão do fechamento da economia e do isolamento social ocasionados pela pandemia da covid-19.

Indústrias encontram no aluguel de máquinas alternativa para centros de usinagem

Neste momento de retomada da indústria, é preciso contar com apoio de empresas que estejam focadas em auxiliar empresários e fornecedores durante um período tão complexo. Além disso, para otimizar a produção no centro de usinagem e cortar gastos, as fábricas também podem optar pelo aluguel de maquinário no lugar da compra.

Tendo esses dois pontos em mente, o Grupo Alltech surgiu fornecendo as melhores máquinas no mercado em conjunto com a possibilidade de locação de máquinas operatrizes de última geração. No aluguel de máquinas, a AllService, pertencente ao grupo Alltech, realiza todo o processo de acompanhamento das peças, desde o frete e instalação até revisões e manutenções periódicas e gratuitas.

Centros de usinagem com acompanhamento especializado desde a compra ou aluguel até a instalação da máquina

O Grupo Alltech, por meio da AllService, fornece acompanhamento especializado, desde a compra ou o aluguel de máquinas para centros de usinagem até o frete e a instalação. Além disso, realiza o monitoramento, assistência técnica, manutenções periódicas e fornecimento de peças caso haja necessidade.

Pelo site, é possível conhecer mais sobre o Grupo Alltech, todos os serviços prestados pela AllService e como funciona o aluguel de máquinas para centros de usinagem.



Website: https://www.grupoalltech.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »