04/08/2020 às 09h24min - Atualizada em 04/08/2020 às 09h33min

Em meio ao período de pandemia, aumenta a venda de alimentos orgânicos

Como uma nova alternativa de consumo, os alimentos orgânicos ganham destaque durante a pandemia. Apesar da crise econômica no país, o setor de produtos orgânicos ampliou as vendas

DINO
https://www.menuart.com.br

Como uma nova alternativa de consumo, os alimentos orgânicos ganham destaque durante a pandemia. Apesar da crise econômica no país, o setor de produtos orgânicos ampliou as vendas em mais de 50% no varejo, além de triplicar a produção devido à grande demanda no primeiro semestre de 2020 segundo a Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis).

Em decorrência do isolamento social, a venda dos alimentos foi realizada, principalmente, por plataformas online e sites com entrega por serviços de delivery, tornando necessária a reavaliação de processos e a logística de muitos estabelecimentos para atender à alta procura.

Busca por informações e consumo de alimentos orgânicos cresce na quarentena

Bem como as vendas, a busca por informações sobre produtos orgânicos obteve um considerável crescimento durante os primeiros meses do ano, sobretudo na quarentena. Como efeito, o número de acessos ao site da Organis ultrapassou 20 mil visitas mensais, o que contribuiu para a disseminação de dados importantes sobre a alimentação orgânica e investimento no mercado.

Desse modo, o primeiro semestre de 2020 confirma-se como o período de maior reconhecimento da produção e consumo de alimentos orgânicos, no qual os valores e capacidade produtiva do setor foram aprovados pelo público.

Priorização da saúde levou ao aumento da demanda por alimentação orgânica

Os produtos orgânicos, por serem cultivados de forma natural e sustentável, tornam a alimentação mais rica em nutrientes, sendo fundamental para a saúde do ser humano. Sendo assim, os debates sobre a importância do cuidado com a saúde, principalmente em tempos de pandemia, levaram à priorização de um estilo de vida mais saudável e equilibrado.

A criação de cardápio com alimentos orgânicos, como frutas, verduras e legumes, é uma alternativa saudável, uma vez que são livres de conservantes e produtos químicos e possuem alto teor de vitaminas e minerais. Além disso, a prática regular de exercícios físicos aliada a uma boa alimentação traz uma série de benefícios ao organismo, otimizando o bem-estar e prevenindo o indivíduo contra diversas doenças.

Alimentação orgânica surge como alternativa para restaurantes

Com o aumento do consumo de alimentos orgânicos, gestores do setor gastronômico têm estudado as novas tendências do mercado de alimentação, analisando os múltiplos mercados que podem adaptar o menu para diversificar as opções oferecidas aos clientes. Buscando adequar-se aos novos paladares, estabelecimentos como restaurantes, bares e hotéis devem passar por uma constante atualização de cardápios.

É importante destacar, ainda, que o mercado pós-pandemia reserva muitas mudanças em diversos setores, sobretudo no gastronômico. Dessa forma, é preciso que os estabelecimentos estejam atentos às preferências do público alvo, buscando oferecer a melhor experiência de consumo aos clientes.

A Menuart entende o cenário da crise atual e busca manter-se pronta para auxiliar os clientes, oferecendo conteúdos informativos no blog da empresa a fim de ajudar na adaptação de cada negócio. Assim, a empresa oferece dicas para otimizar a comunicação, estabelecendo uma melhor relação com o público alvo, bem como disponibiliza as novidades do mercado.

Além disso, a Menuart é a pioneira em criação de cardápio para pequenas e grandes empresas do mercado, contando com os mais variados modelos para restaurantes, lanchonetes e bares, que proporcionam um toque de sofisticação e praticidade para cada estabelecimento.



Website: https://www.menuart.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »