29/05/2012 às 00h08min - Atualizada em 29/05/2012 às 00h08min

A história e formação do Partido Comunista

São dois livros sobre o Partido Comunista. Um sobre a formação do partido no país, e o outro sobre a “Contribuição à história do Partido Comunista do Brasil”, ambos editados pela Editora Anita Garibaldi e Fundação Maurício Grabois.

Século

O primeiro “Formação do PCB” de Astrojildo Pereira, um dos fundadores do Partido Comunista no país, contém 160 páginas com fotos.

É uma obra histórica de um dos principais pioneiros comunistas brasileiros, Astrojildo Pereira. “Embora não estivesse em risco de desaparecimento puro e simples (...), a edição original de Formação do PCB, datada de janeiro de 1962, tornara-se um livro raro, de difícil acesso”, diz o professor João Quartim de Moraes, um dos prefaciadores desta edição.

Outra prefaciadora, a pesquisadora Marly Vianna, diz que a história da formação do PCB mostra como conviveram no Brasil o entusiasmo revolucionário e a carência teórica, a falta de cultura política. “Nas palavras de Astrojildo, éramos ‘pequenos grupos de propaganda, menos de cem pessoas espalhadas por várias regiões do país, gente pobre, obscura, tolhida por mil dificuldades, a começar por sua interpretação teórica. Mas o partido vingou’”, cita. Para ela, essa é uma questão importante para um balanço crítico-revolucionário da atuação partidária dos comunistas no país.

Adalberto Monteiro, presidente da Fundação Maurício Grabois e secretário nacional de Formação do PCdoB, também prefacia o livro. “Neste livro, criador e criatura se encontram para examinar as sementes e as raízes desta árvore de tronco forte, muitos galhos e copa larga, de colheitas de muitos frutos, hoje com 90 anos e que se encaminha para o centenário: o Partido Comunista do Brasil”, escreve ele. De fato, segundo Adalberto Monteiro, “Formação do PCB” foi escrito a partir de um posto privilegiado de observação — Astrojildo Pereira foi um dos pioneiros do pensamento marxista em evolução naquelas primeiras décadas do século XX.

Já o livro “Contribuição à história do Partido Comunista do Brasil”, é organizado por José Carlos Ruy e Augusto Buonicore e tem 368 páginas com fotos.

Em sua segunda edição, a obra enfeixa estudos de diferentes pesquisadores (Raul Carrion, Diorge Konrad, Aldo Arantes, Romualdo Pessoa Campos Filho, Loreta Valadares, Osvaldo Bertolino) que contam a história do Partido Comunista do Brasil por períodos.

O conjunto da obra revela um panorama da trajetória dos comunistas do Brasil. Em cada etapa, os pesquisadores se detiveram em um largo espectro de atuação dos comunistas, oferecendo ao leitor informações preciosas da história progressista do país.                                           


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »