12/05/2020 às 15h13min - Atualizada em 13/05/2020 às 11h08min

Fundação Educar DPaschoal disponibiliza gratuitamente livros para download

Para incentivar a consciência do valor social da leitura e entreter os pequenos com histórias nesta quarentena, o “Leia Comigo!”, projeto criado pela Fundação Educar DPaschoal há 20 anos, reforça a divulgação dos mais de 190 livros que sua biblioteca virtual tem disponíveis para download gratuito. O projeto edita, publica e distribui literatura infantojuvenil por todo o Brasil, com conteúdos que têm como premissa despertar a paixão pela leitura na vida da criança.
 
Segundo Isabela Pascoal Becker, Diretora Executiva da Fundação Educar DPaschoal, o “Leia Comigo!” é um projeto que quer colocar pais, filhos, educadores e crianças, todos juntos aproveitando a história do livro para conversar, refletir e sonhar. “Ele nasceu da intenção de que toda criança no Brasil tivesse acesso aos livros. Mas, ao longo desses 20 anos e de todos os títulos produzidos, a gente percebeu que não basta somente possuir o livro. É importante aproveitar a leitura, curtir e se envolver. E é lendo junto com alguém que o conteúdo do livro se torna algo muito mais interessante para a criança, algo que realmente pode transformar”, destaca Isabela.
 
Os livros são construídos com base em temas como diversidade, pluralidade e exercício da cidadania. E, até hoje, mais de 40 milhões já foram distribuídos de forma gratuita para escolas públicas, bibliotecas e organizações sociais que tenham projetos de incentivo à leitura em todo o país. A biblioteca virtual aumenta a possibilidade de acesso aos materiais educativos da Fundação, como livros em PDF e tutoriais de materiais de apoio para contação de histórias.
 
“O pássaro sem cor”, de Luís Norberto Pascoal, “O vestido azul”, de Sandra Aymone, “Lobinho e a porta”, de Silvana Rando, são alguns exemplos de livros que estão disponíveis para download. Para acessar, basta entrar no site: http://www.educardpaschoal.org.br/projeto.php?id=4&page=74.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »