23/04/2020 às 10h46min - Atualizada em 23/04/2020 às 11h57min

5 influenciadores digitais para seguir se você quer entender mais sobre saúde mental

A pandemia fez com que, de repente, todos tivessem que parar e fazer mudanças bruscas em suas rotinas. Atividades simples, como caminhar, encontrar os amigos  ou fazer uma viagem de ônibus, agora devem ser evitadas. 

 

Os especialistas têm se preocupado bastante com a explosão no número de casos de indivíduos com transtornos mentais que esse período pode gerar, especialmente, porque muitas pessoas têm consumido notícias em excesso e passado muito tempo nas redes sociais.

 

Além das recomendações das autoridades de Saúde para prevenir o novo coronavírus, um bom jeito de ajudar o seu estado mental nesse momento, é evitar falar só sobre esse assunto e ficar em contato com a sua rede de amigos. 

 

Seguir os influenciadores digitais certos também é uma boa ideia para passar por esse período com mais tranquilidade. Abaixo, uma lista com profissionais da Saúde, YouTubers e artistas que, cada um à sua maneira, nos convidam a olhar com cuidado para aquilo que a gente sente.

Christian Dunker

Psicanalista, Professor titular em Psicanálise e Psicopatologia do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), Christian (@chrisdunker) é uma referência quando o assunto é saúde mental na Internet.

 

Em canal no YouTube, ele fala sobre teorias da Psicanálise, respondendo às perguntas e relacionando o estudo com vários temas da atualidade. Ele também produz séries sobre alguns conceitos fundamentais e a história da Psicanálise. Para quem quer se aprofundar nesse assunto, o canal dele é o lugar certo.

André Barbosa

Psicólogo que atua na linha cognitivo-comportamental, André (@opsicologo) tem mais de 200 mil seguidores no Instagram. Seu público está atrás dos conselhos práticos que ele dá para manter a saúde mental.

 

O profissional, que também tem livros publicados e faz atendimentos on-line, usa memes e imagens descontraídas para chamar a atenção, mas fala de assuntos muito sérios.

Louie Ponto

Com mais de 500 mil seguidores, a YouTuber Louie (@pontolouie), que fala sobre vários assuntos da atualidade, já faz sucesso há alguns anos, mas, recentemente, deu um depoimento em um vídeo afirmando sofrer de ansiedade e depressão. 

 

Desde então, a catarinense tem produzido vários conteúdos e sendo procurada para falar sobre transtornos mentais. Ela dá dicas sobre como perceber os sintomas, pedir ajuda e lidar com os momentos em que a gente não está bem.

 

Com uma fala acolhedora, Louie usa a sua própria experiência para se identificar com o seu público, e quem a escuta se sente abraçado. Seguir a página dela, certamente, vai te ajudar a se sentir melhor.

Jona

Misturando conselhos simples, para desacelerar, com suas ilustrações, o artista Jona (@pseudoplutao) tem milhares de seguidores, que se reconhecem no seu trabalho. Como ele mesmo diz, em sua página “o caos e o afeto dividem a mesma casa”.

 

Jona compartilha com muita delicadeza, em suas redes, as coisas que acontecem na sua cabeça. Assim, consegue gerar uma assimilação com o seguidor. Quem entra na página, com certeza, vai pensar em aceitar o convite para desacelerar.

Raquel Segal

Também misturando conselhos e histórias em tirinhas amarelas, Raquel (@aqueleeitaoficial) é outra boa referência para quem quer aprender mais sobre saúde mental de forma leve e descontraída. Por meio da identificação, o seguidor é induzido a olhar e acolher seus próprios sentimentos.

 

Abordando situações do cotidiano, a artista nos convida a soltar aquele “eita!” ao se reconhecer com as cenas que retrata. Ela, que também é escritora, usa o humor e a poesia para mostrar que está, ou vai ficar, tudo bem, afinal, todos temos os nossos dias difíceis.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »