16/04/2020 às 13h44min - Atualizada em 16/04/2020 às 17h36min

Como não errar no projeto de planejamento de móveis

UQuando falamos de planejamento de móveis, é preciso pensar não só em fatores ligados à estética, mas também em uma série de elementos que são fundamentais para melhorar o aproveitamento de espaço e ter um ambiente organizado, sofisticado e confortável.

Por esse motivo, é necessário ter atenção a alguns detalhes, para evitar arrependimentos e não errar a mão no projeto. 

Afinal de contas, os móveis são parte de toda a decoração, além de serem extremamente importantes para a composição dos ambientes.

Confira algumas dicas de como não errar no projeto de planejamento de móveis e ter um espaço adaptado para cada cômodo!

Busque por inspirações e referências

Você já ouviu o ditado “nada se cria, tudo se copia”? Isso quer dizer que precisamos buscar inspirações e referências em nossos trabalhos, como forma de aplicar conceitos que já deram certo, sem perder o toque de personalidade.

Por isso, se você quer uma prateleira de aço inox preço diferenciado, mas ainda não sabe ao certo o modelo, vale a pena pesquisar por algumas imagens do móvel, para que a sua ideia possa tomar forma.

Além do mais, quando buscamos por novas referências, podemos encontrar perspectivas diferentes de cada projeto, sendo possível adaptar o móvel, em outro modelo totalmente novo, mas que se encaixa melhor no ambiente.

Você pode encontrar essas inspirações tanto em bancos de imagens, quanto em portfólios de empresas especializadas.

Tenha atenção ao espaço

Um dos erros mais comuns é o planejamento de móveis desconsiderando o espaço em que a mobília será instalada. 

Isso pode ocasionar muitos problemas, como objetos maiores do que o ambiente, e uma disposição inadequada dos móveis dentro do cômodo.

Por isso, há a necessidade de analisar o espaço, ainda mais se você deseja um ambiente otimizado, como é o caso dos dormitórios planejados sp.

A maioria dos planejamentos de móveis são feitos sob medida, justamente para se adaptar ao local, oferecendo um espaço mais organizado. 

Entre outras vantagens dos chamados “móveis planejados”, destacam-se:

  • Maior valorização da casa;

  • Estética mais sofisticada e moderna;

  • Mais comodidade para transitar no cômodo;

  • Adaptação ao estilo e necessidades dos moradores.

Vale dizer que os móveis planejados costumam ter maior resistência, qualidade e durabilidade, em comparação com as estruturas pré-fabricadas.

Procure ajuda profissional especializada

Fazer um projeto de móveis não é tão simples quanto parece. 

Por conta disso, existem empresas especializadas nesse trabalho, bem como profissionais qualificados para a execução de planejamentos de móveis sob medida.

É importante ressaltar que, até mesmo em projetos pequenos, como estofados sob medida sp, é recomendável ter ajuda profissional, uma vez que é possível encontrar soluções mais compatíveis com o espaço, o orçamento e os desejos dos moradores.

Para ter maior confiança no trabalho dos profissionais, é fundamental pesquisar por boas referências, buscar indicações e conhecer de perto o trabalho das empresas.

Conheça os materiais de confecção dos móveis

Hoje em dia, é possível encontrar móveis planejados de vários tipos de materiais, como a madeira, o MDF, o MDP, além de acabamentos metálicos, em plástico ou com outro tipo de revestimento.

Por isso, antes de sair por aí buscando uma marcenaria sob medida sp, é preciso saber qual o melhor tipo de material para o seu projeto, isto é, que ofereça resistência e durabilidade aos móveis, com um excelente custo-benefício.

O MDF, que é o mais conhecido, é indicado para móveis com formas mais complexas, já que o material é maleável e permite a formação de curvas. 

Por outro lado, o MDP é indicado para linhas retas, como prateleiras e armários.

Também é necessário atenção quanto aos aspectos de resistência. Afinal de contas, alguns móveis, principalmente os guarda-roupas e armários, precisam suportar mais peso do que as bancadas, por exemplo.

Quanto aos revestimentos e acabamentos dos móveis, é recomendável escolher materiais que combinem com a decoração, para que todo o espaço tenha mais harmonia e equilíbrio.

Conclusão

Fazer um bom planejamento de móveis não é uma tarefa fácil, visto que requer atenção aos mínimos detalhes de cada estrutura. 

Por esse motivo, a presença de um profissional pode ser a chave para a execução de um projeto de excelência e, ainda, evitar dores de cabeça com possíveis erros.

Vale dizer que os moradores devem acompanhar todo o processo do planejamento. Afinal, são eles que irão usufruir dos móveis no dia a dia.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »