26/05/2012 às 00h34min - Atualizada em 26/05/2012 às 00h34min

A maneira de pisar contribui com as dores nos joelhos

Em algumas situações não é possível detectar a causa da dor no joelho, nestes casos, os pés podem ser os grandes responsáveis

De Castro

Conhecido por apresentar, muitas vezes, dores de origem desconhecida, o joelho é uma das articulações mais propensas a lesões no corpo humano, por ser exposto e muito vulnerável. “São várias as causas de dores no joelho. Existem as mais conhecidas que são geradas por entorses e quedas, ou seja, traumas que comprometem os ligamentos e os meniscos”, aponta o posturologista da Clínica Reacciona, Leandro Reche.

Por outro lado, há pacientes que reclamam, constantemente, de dores nos joelhos, e não encontram um diagnóstico preciso para a solução do problema. “Existem casos sem origem traumática e, muitas vezes, sem alterações locais. São aquelas dores que mesmo com os exames clínicos não é possível identificá-la. Em situações como essas, normalmente, o joelho está sendo afetado por alterações em outros locais do corpo - além de cicatrizes, problemas de quadril e alteração de uma perna mais curta, os pés são uns dos principais vilões desta patologia”, explica Leandro.

Por ser um dos principais responsáveis pelo alinhamento e equilíbrio do corpo, os pés proporcionam os movimentos necessários para caminhar e correr. Por isso, a maneira de pisar, ou mesmo, a formação dos pés podem influenciar os joelhos. “Quando há, por exemplo, um desabamento do pé esquerdo, o joelho tende a acompanhar gerando uma possível sobrecarga na região. Muitas vezes, os sintomas só aparecem depois de algum tempo, ou em casos de pessoas que solicitam bastante esta articulação”, esclarece Reche.

Outro exemplo, é o pé chato (plano), que principalmente durante as caminhadas, faz com que a perna gire para dentro, desregulando o caminho da patela e ocasionando as dores nos joelhos. Para reverter este quadro, é importante analisar cada caso, em particular. “O tratamento terá como meta manipulações específicas para o pé e, em alguns casos, há a necessidade de confecção de palmilhas proprioceptivas próprias para cada tipo de pisada, assim é possível melhorar a informação dos pés para os joelhos”, orienta.

Para evitar as dores do joelho e, até mesmo, não agravar outros problemas, Leandro recomenda. “É importante mantê-los sempre fortes e com bom alongamento dos membros inferiores. Além disso, a saúde do corpo como um todo também envolve a saúde dos joelhos. Lembrando que alterações em outras regiões do corpo afetam essa articulação”.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »