31/03/2020 às 10h53min - Atualizada em 31/03/2020 às 17h08min

Saiba quem é Ivan Savvidis, russo interessado em comprar o Fortaleza

Em dezembro de 2019, começaram rumores de que o russo Ivan Savvidis estava interessado em comprar o Fortaleza Futebol Clube. No entanto, o interesse partiu de seu filho, e sócio, Giorgos Savvidis. Se o negócio for fechado, já se pode considerar este um bom exemplo de presente exótico.

O que se sabe até o momento é que um dos homens mais ricos do mundo está disposto a investir no futebol brasileiro. O interesse pelo time tricolor surgiu por causa de sua torcida numerosa e apaixonada. Além disso, Savvidis analisou o Fortaleza como time com maior potencial de se tornar autossustentável.

A princípio, o bilionário quer comprar o time e repetir o que fez com o PAOK, time grego, em 2013. As dívidas foram quitadas e um investimento pesado foi feito em relação às contratações, que gerou resultados financeiros positivos para o clube. Ter um elenco de jovens profissionais com alto potencial de venda é o foco.

Desde 2019, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) permite que times nacionais sejam comprados por empresários estrangeiros. No caso do Fortaleza, o clube, que hoje é uma entidade sem fins lucrativos, precisaria se tornar um clube-empresa. Assim, poderia ter ações abertas na bolsa, em que o sócio-majoritário seria Savvidis.

A conversa com a gestão do time tricolor segue com cautela. Além da venda, outras opções de modelos estão sendo analisadas. Entre elas, uma forma de parceria ou de patrocínio. Em 2020, Marcelo Paz, atual presidente do time, encontrou com Eduardo, que faz parte da equipe de Savvidis. Na ocasião, conversaram sobre a importância da atual diretoria e sua permanência, em caso de compra do Leão do Pici.

 

Quem é Ivan Savvidis

Ivan Savvidis nasceu na Rússia, mas é filho de pais gregos. O bilionário conseguiu sua fortuna por ser dono de empresas no ramo do tabaco e agronegócio. Além disso, em 2013, adquiriu um dos times mais ricos da Grécia, o PAOK, e sua chegada foi essencial para tirar o clube das dívidas que tinha na época.

Além dessas aquisições, Savvidis também tem um grupo de comunicação na Grécia. Para completar, o russo teve participação na vida política russa. Em 2003, foi eleito deputado no parlamento russo, o que permitiu uma aproximação com o presidente Vladimir Putin.

Com uma fortuna estimada em R$ 7,2 bilhões, Savvidis é conhecido por pensar no todo. Por isso, a compra do Fortaleza poderia ser benéfica, também, para o estado cearense, uma vez que, futuramente, poderiam existir investimentos na região.


Polêmica no futebol

Em 2018, Ivan Savvidis se envolveu em uma polêmica nos gramados. O russo ficou revoltado com a anulação de um gol do PAOK, que aconteceu aos 44 minutos do segundo tempo, em uma partida contra o AEK. Ele entrou no gramado ao lado de seguranças.

O problema em questão foi o fato de estar portando uma arma presa a um coldre. O objetivo de entrar em campo era reclamar com a arbitragem e tirar o time de lá. Porém, a imagem da arma tomou proporções mundiais e as consequências foram duras.

O Campeonato Grego foi suspenso por duas semanas e Savvidis, por três anos. A decisão foi da federação grega devido a grave atitude de portar uma arma em campo. Desde então, o russo não pode entrar nos estádios quando o PAOK está jogando.

Isso fez com que o dirigente do time perdesse momentos históricos do PAOK. O duelo da semifinal da Copa da Grécia contra o Olympiacos, que aconteceu em março, é um exemplo.

Vale lembrar que quatro brasileiros jogam pelo time de Savvidis na Grécia: Maurício e Douglas, que são meio-campistas; Leo Jabá, atacante; e Rodrigo e Leo Matos, defensores. As atitudes na Grécia, no entanto, não são uma preocupação para os brasileiros, e a possibilidade de investir no país existe. As conversas com Marcelo Paz devem seguir acontecendo. 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »