31/03/2020 às 11h13min - Atualizada em 31/03/2020 às 17h08min

Confira 5 jogos que deveriam virar filme

Para além de Resident Evil, jogo que marcou uma geração e ganhou as telas do cinema com uma extensa franquia, com erros e acertos, o universo dos games é repleto de histórias incríveis, personagens icônicos e cenários absurdos. Com a tecnologia disponível hoje, o cinema consegue dar vida a histórias que antes precisariam, literalmente, de um novo mundo para se tornarem reais. 

Estúdios hipermodernos, CGI, máquinas de edição perfeitas, tudo isso tem aberto espaço para que os jogos favoritos da galera invadam as telas. Entre tantos títulos, fica difícil escolher os melhores. Aqui, listamos 5 games que deveriam virar filme. Confira: 


The Last Of Us 

Com o mérito de conseguir funcionar dentro de um contexto já bem esgotado por filmes, videogames e séries, o mundo devastado por zumbis de The Last Of Us tem motivos concretos para virar filme. A história consegue ser interessante e entreter, renovando alguns dos já decorados clichês de cenários pós-apocalípticos. Itens como cenografia, trilha sonora e efeitos visuais fariam a diferença no produto final.

Ambientado em uma versão dos Estados Unidos, onde as pessoas são infectadas por um fungo e se tornam canibais, Ellie, uma das personagens do jogo, é vista como possível cura para o caos instaurado. Ao lado de Joel, ela tem que atravessar um país condenado e ameaçador, tomado por facções e canibais sedentos por carne fresca. 


Red Red Redemption 

Inserido no catálogo ontológico da Rockstar, Red Red Redemption é um desses games que é prazeroso até para quem não joga. Ambientado em um faroeste, os efeitos visuais, figurino, cenografia e atuação dos personagens já são um espetáculo. É como se o jogo já fosse um filme, só precisa ser adaptado para o formato das telas. 

Diretores clássicos, como Tarantino, poderiam, inclusive, dar uma renovada na própria carreira se topassem dirigir um filme derivado de Red Red Redemption. Os elementos de sucesso já estão presentes, é só ter um olhar dedicado para saber fazer proveito deles. 


God of War

Outro game com um espetáculo visual à parte, God of War poderia ser um filme próximo de 300, Tróia e Game of Thrones. Os Deuses do Olimpo, vísceras à mostra de todas as criaturas possíveis e a necessidade de vingança são elementos presentes no jogo que, com certeza, fariam do filme um grande sucesso de público, conquistando, inclusive, pessoas que não são fãs deste universo. 

A mitologia Grega é um campo narrativo vasto, o que permitiria o desdobramento de inúmeros personagens e versões divididos em vários filmes, criando uma franquia bem interessante. 


Deus Ex 

Não é segredo que a ficção científica ainda é o líder quando o assunto são jogos e filmes, possibilitando a existência de mundos que não poderiam ser imaginados, ou que são reais, até demais, por isso nos assustam. Se Matrix e Blade Runner são os cristais intocáveis do gênero no cinema, Deus Ex poderia se juntar, formando uma tríade. 

Com ciborgues desobedientes, um roteiro socialmente crítico a um nível extremo e muitos, mas muitos personagens híbridos, o filme poderia ser uma visão interessante do futuro cada vez mais tomado pela tecnologia. 


Grand Theft Auto

Mais um game da trupe da Rockstar, GTA já é um clássico. Aliás, na falta de filme, uma rápida busca no YouTube permite encontrar vídeos feitos por fãs com histórias criadas pelos próprios jogadores. 

O sucesso do jogo foi tamanho que pessoas que não levam videogames tão a sério, passaram a jogar GTA só para ter a emoção de estar dentro do universo disruptivo que ele apresenta. 

Dinheiro, crime, sexo, uma boa dose de músicas e estética urbana: tudo isso renderia ao filme de GTA, pelo menos, algumas boas horas de entretenimento.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »