31/03/2020 às 13h51min - Atualizada em 31/03/2020 às 17h08min

Conheça os tipos de vinil para impressão e suas possibilidades

O vinil para impressão é um material muito versátil e de grande aplicabilidade na produção de diversos tipos de produtos, especialmente os utilizados para a promoção de pontos de venda ou composição de fachadas comerciais ou empresariais.

Alguns exemplos são os banners ou adesivos colantes que permitem a fabricação de itens de sinalização bastante comuns.

O vinil não é composto apenas por derivados do petróleo, como muitas pessoas pensam. Trata-se de uma junção química que convertem hidrocarbonetos (elementos básicos do petróleo) em um composto unificado. 

A impressão em vinil permite a confecção de diferentes tipos de instalações, personalizadas e versáteis. 

O material de alta qualidade garante a durabilidade necessária para cada tipo de projeto e por isso trata-se de uma solução capaz de atender às necessidades de empresas de diferentes segmentos. Os projetos podem ser mais simples ou mais complexos, que geralmente são os que pedem um material resistente para exposição prolongada sem os desgastes das intempéries.

Contudo, é bastante recomendável que antes de investir na confecção dos itens de sinalização e composição de fachadas comerciais os empreendedores busquem informações sobre as principais soluções disponíveis no mercado. 

É preciso entender principalmente quais são os principais tipos de vinil para impressão e suas possibilidades. Além disso, o foco deve estar sempre no que melhor se aplica ao negócio, independente do segmento de atuação.

Para a criação de uma identidade visual eficiente na representação da marca e na atração dos clientes e potenciais clientes, é de suma importância a contratação de profissionais especializados. Com conhecimentos técnicos e experiência em marketing e design, os profissionais devem atentar-se para as potencialidades do negócio para elaborar os elementos visuais que irão compor os itens de sinalização para o ponto de venda ou estabelecimento empresarial.

É importante ressaltar a relevância da contratação de equipes especializadas. Assim como o investimento em materiais de qualidade, é um fator fundamental para a beleza e funcionalidade das peças, independente da sua aplicação.

Além disso, algumas dicas podem ajudar na criação de placas de sinalização industrial, comercial ou empresarial, aproveitando todo o potencial para auxiliar no crescimento das marcas que os itens têm a oferecer, quando feitos de maneira assertiva.


Conheça os principais tipos de vinil

O vinil é um material que ganhou popularidade devido à sua utilização para  fabricação de discos. Os discos de vinil são formados por plástico PVC com micro-ranhuras e poros que transmitem a ondas sonoras quando em contato com a agulha.

Contudo, o material não ficou apenas nos discos, e hoje é bastante utilizado como matéria-prima para diferentes produtos, dentre os quais se destacam os itens de sinalização. Para isso, são utilizados principalmente quatro tipos de materiais:

 
  1. Vinil do tipo promocional;

  2. Vinil do tipo intermediário;

  3. O vinil de recorte;

  4. As lonas para impressão.


1. Vinil promocional

O vinil promocional é um material bastante versátil, frequentemente utilizado para a fabricação de itens de sinalização promocional e rotativa. Além de ser usado para fabricar placas de sinalização personalizadas, o material também pode ser aplicado como adesivo em displays e outros materiais de pontos de venda.

As principais vantagens do vinil promocional são o baixo custo para a fabricação de peças e a versatilidade no processamento, que permite técnicas como a impressão digital, serigrafia e recorte eletrônico. Ele costuma ser encontrado na cor branca, e com dimensões definidas, segundo o fabricante.


2. Vinil intermediário

O vinil intermediário é um material com superfície autoadesiva e transparente, com boa aceitação para impressão digital com tintas à base de solvente, látex e UV. Trata-se de uma opção com maior resistência, e que por isso é mais indicada para o uso externo, na montagem de fachadas de loja de moveis planejados SP, por exemplo.

O vinil intermediário pode ser aplicado em superfícies planas ou curvas. Ao contrário do vinil promocional, o material costuma estar disponível em diferentes cores e dimensões, de acordo com as necessidades de cada projeto.


3. Vinil de recorte

Os vinis de recorte são desenvolvidos especialmente para melhorar o acabamento dos projetos, sejam eles de curta, média ou longa durabilidade, de acordo com a exposição.

Esse tipo de vinil possui uma película de alta maleabilidade e bastante durável, ao mesmo tempo em que a opção também representa versatilidade, ao permitir diferentes recortes e cores.

Por isso o vinil de recorte é bastante utilizado em aplicações como em uma vitrine para padaria, adesivos para veículos, confecção de placas, displays e sinalização para pontos de venda, de uma maneira geral. Também ajuda na composição de totens, testeiras e fachadas comerciais.

Com relação às cores, o material costuma estar disponível em algumas opções, como amarelo médio e ouro, azul céu e azul marinho, branco, jateado transparente, prata e prata escovado, preto fosco e preto brilhante, além do vermelho.

Contudo, as principais vantagens da escolha estão relacionadas à vida útil comprovada de pelo menos 4 anos do material. Por isso, trata-se de uma escolha com ótima relação custo-benefício para auxiliar na composição de fachadas comerciais.


4. Lonas para impressão

As lonas para impressão são uma opção bastante acessível para a realização de sinalizações promocionais ou temporárias. Elas são fabricadas em PVC flexível na cor branca. O acabamento tem brilho e permite a impressão com nitidez, qualidade, boa durabilidade e um acabamento impecável.

Geralmente as lonas estão disponíveis em diferentes gramaturas, como FL 280, FL 390 ou FL440, e são utilizadas principalmente para a confecção de banners, faixas, outdoor’s ou para ajudar na composição de sistemas de iluminação frontal. As principais vantagens estão na qualidade da impressão e na durabilidade do material.


Dicas para a composição de fachadas comerciais com vinil para impressão

Abrir um novo negócio pode ser bastante trabalhoso, e os esforços tendem a ser em vão quando o empreendedor não valoriza a importância da sinalização na fachada do ponto de venda, empresa ou indústria.

A sinalização tem a função de atrair a atenção das pessoas. Deve ter o apelo estético mais adequado para conquistar os clientes e aumentar as vendas. Para isso deve ser planejada e executada com atenção às necessidades e pontos fortes de cada negócio. Uma empresa de coleta de resíduos pode ressaltar a contribuição dos serviços para a natureza, por exemplo.

Entretanto, para que seja efetiva, a sinalização pode ser feita seguindo alguns truques. São eles:


Estudar as cores de exibição da loja

As cores desempenham um importante papel, não só para atrair, mas também para despertar e provocar emoções nos clientes, influenciando na maneira como os produtos ou serviços são percebidos.

Cores como o azul e o verde podem ser consideradas calmantes, enquanto vermelho e laranja são vistas como excitantes, por exemplo. Elas podem ser bastante úteis estrategicamente, considerando que os consumidores costumam tomar decisões de compra mesmo em rápidas interações, com avaliação baseada nas cores.


Pensar na sinalização como um vendedor

Por meio de sugestões visuais inteligentes, é possível conduzir o consumidor pelo ponto de venda, uma loja de peças para tratores, por exemplo, de maneira estratégica. Assim, o ponto de venda contribui com as informações que o consumidor precisa, no momento em que ele precisa.

A sinalização deve funcionar como uma fonte de informações, auxiliando os consumidores ao mesmo tempo em que são como uma extensão da marca.


Atenção à iluminação

De nada adianta investir em um banner para promover a estufa para orquídeas, se a sinalização não fica visível por conta da baixa luminosidade, principalmente à noite.

Nos pontos de venda ou setores de atendimento aos clientes nas empresas, é importante investir em uma boa composição de iluminação, que deixam o ambiente mais agradável e destacam a sinalização.


Conte uma história com os elementos visuais

Uma ideia é que os pontos de vendas invistam em narrativas criativas para atrair a atenção dos consumidores, principalmente para tornar a exibição de produtos mais interessante, com o uso de banners ou adesivos, para exemplificar.

Uma ideia para hortifrutis, por exemplo, é utilizar a imagem da balança de supermercado para criar uma charge divertida chamando para promoções.


Estabeleça uma hierarquia

As placas de sinalização tendem a desaparecer quando são agrupadas em uma altura uniforme. Uma ideia é dispor placas, banners e adesivos em vinil em diferentes alturas. Assim, cria-se um contraste visual que ajuda a captar o interesse.

Pesquisas apontam para o fato de que 70% das decisões são tomadas dentro dos pontos de venda, e o vinil para impressão é um material que se destaca pela eficiência para a confecção de sinalizações diversas.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »