28/02/2020 às 16h20min - Atualizada em 28/02/2020 às 16h54min

10 lanches saborosos e nutritivos para fazer para as crianças à tarde

 
Vivemos em uma época em que o fast food faz parte do cotidiano da criançada - isso é muito ruim, por uma série de questões. A primeira, claro, diz respeito à questão da saúde.
 
De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em parceria com o Ministério da Saúde, uma em cada três crianças brasileiras com idade entre cinco e nove anos está acima do peso recomendado pela Organização Mundial de Saúde.
 
A adoção de um estilo de vida mais sedentário, facilitado pelos smartphones e computadores, a praticidade das refeições congeladas e a alimentação rica em produtos industrializados, refrigerantes e similares, têm efeito direto no peso corporal, no metabolismo e no sistema hormonal das crianças.
 
Com o passar dos anos, o problema pode ficar muito sério e ter desdobramentos complexos: vale lembrar que a obesidade está relacionada ao surgimento de uma série de outras doenças, como o Diabetes e enfermidades que afetam o coração.
 
Para driblar o fantasma da obesidade, é preciso incentivar as crianças a praticarem atividades físicas, a diminuírem o consumo de chocolates, doces, refrigerantes e frituras e, sempre que possível, a matarem a fome com ingredientes gostosos, mas mais nutritivos.
 
Abaixo, listamos 10 lanches deliciosos e com alto valor nutricional, para que você possa fazer a alegria da criançada enquanto cuida de todo mundo! Confira:

Antes de tudo: o exemplo é fundamental!

Se você tem o costume de comer embutidos, doces e produtos gordurosos na frente dos seus filhos, eles seguirão o seu exemplo. Entretanto, se você começar a trocar os seus hábitos, a tendência é que eles o acompanhem.

Sugestão um: salada de frutas, com ou sem chia

Se os seus filhos não são muito chegados a comer sementes e similares, tente introduzir o hábito aos poucos. A chia, por exemplo, é fonte de ômega três, proteínas, potássio, cálcio e fibras. Por isso, ela ajuda a reduzir o colesterol, turbina a imunidade e aumenta a sensação de saciedade.
 
Não é preciso colocar muita chia, não: meia colherzinha é o suficiente, até para torná-la mais fácil de ser "disfarçada" entre as frutas.
 
Outras opções de lanches saudáveis são:

Mix de oleaginosas

É possível comprar oleaginosas variadas de uma só vez: há pacotinhos que contam, por exemplo, com castanhas do Pará, amendoins, amêndoas, nozes, macadâmias.
 
Há ainda a possibilidade de juntar ao grupo de sucesso sementes diferentes, como as de girassol ou de abóbora, e até colocar umas lasquinhas de coco seco.
 
De início, as crianças podem oferecer um pouco de rejeição às oleaginosas, mas insista: elas diminuem a pressão arterial e fortalecem a imunidade.
 
Vale ressaltar que não se pode exagerar na quantidade, uma vez que nem todas possuem valor calórico baixo, e lembrar também de estimular a prática de atividade física.

Frutinhas desidratadas

Matam o desejo de comer doce, diminuem a compulsão alimentar e são fontes de vitaminas, fibras e minerais!
 
Você pode optar por damascos, ameixas secas, passas, tâmaras e maçãs.

Chocolate meio amargo

As frutinhas não mataram o desejo por doces? Dois quadradinhos de chocolate meio amargo podem ajudar.
 
Muito mais saudável do que o chocolate ao leite ou do que chocolates recheados, que normalmente têm muito açúcar, a versão amarga também exige um pouco de adaptação.

Sanduíche de queijo branco com saladinha

Bateu aquela fominha no meio da tarde? A criança vai ficar longe ou precisa de uma opção legal para colocar na lancheira?
 
Pão integral com manteiga, queijo branco, tomate e alface costuma ser um snack bem recebido! Você pode optar por pães com castanhas, nozes e afins, para deixar o lanche ainda mais gostoso e nutritivo.
 
Outra alternativa é fazer uma pastinha de ricota com azeitona para colocar no interior do pão. Isso, claro, varia de acordo com a disponibilidade dos pais e com a predileção dos filhos.

Cookies integrais

Para fazer cookies integrais é fácil!
 
Você precisará de uma xícara de farinha de trigo integral, uma de aveia em flocos e uma de açúcar mascavo, duas colheres de sopa de mel, uma colher de chá de fermento em pó químico, um ovo e uma colher de sopa de manteiga sem sal.
 
Depois de pré-aquecer o forno a 180 graus, junte todos os ingredientes secos em uma tigela e, então, acrescente a manteiga derretida, o mel e o ovo.
 
Misture tudo com as mãos até que a massa fique uniforme e desgrude da tigelinha.
 
Faça porções pequenas com o auxílio de uma colher, coloque-as em uma assadeira (forrada com papel manteiga ou untada com manteiga) e asse por cerca de trinta minutos.
 
Quando o cookie começar a dourar, você pode retirá-lo do forno. Pode ser comido frio ou quente!

Tapioca ou crepioca

Duas opções fáceis, já que existem massas prontas de tapioca e crepioca no supermercado. Prefira rechear com manteiga sem sal, queijo branco, manjericão, alecrim e similares.

Pão integral com recheio variado

Pão de fôrma integral vai bem em qualquer situação e pode ser um bom lanchinho no final do dia ou no meio da tarde.
 
Para fazer algo diferentão, que tal um patê de alho poró? Passe, no processador, alho poró, tempeirinhos, cream cheese e uma colher de creme de leite.

Bolo caseiro

É sempre preferível fazer bolo em casa, com ingredientes que você pode selecionar e sem a utilização de conservantes.
 
Farinha de trigo integral, açúcar demerara, ovos, leite desnatado, manteiga sem sal e fermento químico já fazem a diferença.
 
Para deixar com um gosto melhor ainda, que tal colocar suco de laranja na massa?

Bolachinha de arroz com geleia ou guacamole

Na correria? Compre bolachinhas de arroz e, sobre elas, coloque guacamole - abacate, suco de limão, pedacinhos de tomate e um pouco de sal! -, algum dos patês que já sugerimos ou uma geleia caseira de morangos.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »