17/02/2020 às 10h39min - Atualizada em 17/02/2020 às 10h54min

Carnaval: pediatra dá dicas importantes para curtir os blocos e festas com as crianças

O Carnaval está chegando e levar as crianças para conhecer os blocos de rua infantis permite o contato com a tradição, identidade e cultura popular das festas e auxiliam na elevação da autoestima dos pequenos, que também conseguem se divertir nessa época do ano. De acordo com Wylma Hossaka, pediatra da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo , é importante inserir as crianças no contexto do Carnaval, desde que com segurança. "É uma celebração que se tornou uma característica única do País. Possibilitar que a criança acesse essa forma de cultura é primordial, desde que o bloco seja seguro e que os pais tomem alguns cuidados", conta a médica.
 
A especialista ressalta que o primeiro passo é checar as condições de segurança do lugar. "Os pais devem escolher blocos que ocorram em ruas e vias fechadas ou de menor movimento e que tenham organização e policiamento. Também é importante que as crianças fiquem longe das caixas de som, pois os ruídos podem lesar definitivamente a audição delas", reforça a pediatra.
 
Outro ponto de atenção é em relação à escolha das roupas ou fantasias. "A recomendaçãé optar por vestimentas leves e de algodão e tênis confortáveis e fechados, que deixem as crianças à vontade para aproveitarem o dia, mesmo com temperaturas elevadas", conta a médica. Ainda de acordo com ela, é importante usar glitter natural, feito especificamente para aplicar na pele, pois assim evitam-se alergias. "Além disso, é fundamental fixar muito bem na roupa alguns adereços como fitas, cordões ou botões para que não ocorra nenhum acidente como enroscar esse tipo de material no pescoço ou levá-lo à boca, correndo o risco de tampar as vias aéreas"afirma a especialista.
 
Para se proteger dos raios ultravioletas o protetor solar não pode ficar de fora. "Chapéu ou boné também o bem-vindos, pois protegem a criança do sol. Além disso, a alimentação antes de ir para as festas precisa ser bem leve, visto que a criança vai brincar e pular no bloco. Uma outra opção é levar frutas, biscoitos integrais e lanches em uma bolsa térmica, além de garrafa de água, é claro", ressalta a pediatra.
 
Antes dos bloquinhos, é importante que a criança tenha uma noite de sono reparadora. "O repouso de oito a dez horas é necessário para que o pequeno tenha um dia agradável e com muita energia", diz Wylma. Os pais também devem ficar atentos com as crianças nas festas, sempre observando onde elas estão, o que estão fazendo, a fim de evitar que elas desapareçam. "Sempre oriento que os pais coloquem uma etiqueta de identificação na camisa ou fantasia do filho com os nomes e números de contatos dos pais. Assim, caso ela se perca, poderá ser localizada. Também é essencial conversar com as crianças para não aceitarem bebidas ou qualquer outro alimento de estranhos", finaliza a médica.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »