06/02/2020 às 10h22min - Atualizada em 06/02/2020 às 10h42min

E-commerce brasileiro evita R$ 292,5 milhões em prejuízos com fraudes no Natal

O levantamento realizado pela Compre&Confie, empresa especializada em inteligência de mercado voltada ao e-commerce, mostrou que o comércio online faturou mais de 14 bilhões de reais no final do ano passado (entre 15 de novembro e 24 de dezembro).

DINO
https://www.consultoriadigital.com.br/


O levantamento realizado pela Compre&Confie, empresa especializada em inteligência de mercado voltada ao e-commerce, mostrou que o comércio online faturou mais de 14 bilhões de reais no final do ano passado (entre 15 de novembro e 24 de dezembro). O montante representa um aumento de quase 30% das vendas em comparação com 2018.

Além do aumento das vendas, houve também o crescimento das tentativas de fraudes. De acordo com uma coleta de dados realizada pela ClearSale (organização especializada em ações antifraude para diversos segmentos), o país conseguiu evitar 292,5 milhões em prejuízos com compras fraudulentas, o que representa aumento de 91% com relação a 2018. As categorias mais visadas entre os fraudadores são de celulares, games e bebidas.

E-commerce tem papel fundamental no combate a fraudes

O aumento da porcentagem de fraudes evitadas é justificado, em partes, pelo crescimento das compras feitas pela internet e a melhoria nas ações para detectar comportamentos suspeitos.

De acordo com a ClearSale, em 2019, os modelos de análises antifraude foram constantemente aprimorados e atualizados, sempre de acordo com o surgimento de novas tecnologias, de novos elementos de inteligência e de análises estatísticas. Com isso, foi possível ajustar o perfil de comportamento de compra dos consumidores e localizar possíveis vulnerabilidades no fechamento de compras.

Além de evitar fraudes, Brasil teve crescimento generalizado nas compras de Natal

O número de pedidos, além do faturamento geral, também cresceu no ano passado. Foram feitos 31 milhões de pedidos, o que representa alta de 29,9% em comparação com o ano anterior. O tíquete médio permaneceu em 454,09 reais.

As categorias de produtos que apresentaram maior variação foram:
- Telefonia e Eletrodomésticos: 14,8%;
- Ventilação: 14%;
- Entretenimento: 10,3%;
- Moda e Acessórios: 7,4%;
- Informática e Câmeras: 6,8%.

Já as categorias mais compradas no período foram:
- Moda e Acessórios: 15,2%;
- Entretenimento e Beleza: 10,9%;
- Perfumaria e Saúde: 10,1%;
- Artigos Para Casa: 6,7%;
- Telefonia: 5,7%.

No geral, o ano de 2019 foi de alto crescimento para o e-commerce, e as vendas de Natal seguiram a tendência de serem o ponto forte do ano, com resultados bem significativos. Isso mostra o quanto o comércio eletrônico está levando a sério garantir uma boa experiência de compra, gama de produtos variados e maior integração com o varejo físico.

Perfil dos consumidores

Ao levar em consideração o gênero de quem fez as compras de Natal online, as mulheres lideraram o ranking com 53,4% dos pedidos, ou seja, uma média de 46,6% das compras diz respeito às aquisições feitas por homens. Além disso, os principais consumidores online tinham entre 36 e 50 anos no Natal, e representaram 34,6% dos pedidos. Adultos de 26 a 35 somam 33,3% das compras; jovens de até 25 anos consumiram 18% dos pedidos e pessoas com mais de 51 anos foram responsáveis por 14,1% dos pedidos.

Consultoria de marketing digital é crucial para aumento de vendas online

Graças à consultoria de seo, os varejistas são capazes de mostrar ao consumidor as soluções e possibilidades que oferecem pela internet. Com estratégias bem trabalhadas, é possível divulgar um e-commerce para o máximo de pessoas certas e que queiram o produto ou serviço.

A Consultoria Digital é uma agência que oferece consultoria de marketing digital para quem almeja aumentar as vendas online por meio de otimização de sites, marketing bem trabalhado e links patrocinados.
Navegue pelo site para conhecer mais sobre o trabalho da CD e veja como receber uma análise grátis.



Website: https://www.consultoriadigital.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »