21/05/2012 às 23h36min - Atualizada em 21/05/2012 às 23h36min

Saveiro Cross passa a contar com freios ABS e airbags de série

Sistema de freios antibloqueio mantém dirigibilidade do veículo durante frenagens de emergência e diminui a possibilidade de acidentes

Volkswagen do Brasil

Airbags reduzem riscos para o motorista e passageiro em caso de colisão. Linha 2013 da picape Volkswagen incorpora também pedaleiras e soleiras das portas de alumínio e faróis com função Coming & Leaving Home

Importantes sistemas de segurança, freios ABS e airbags estão sendo implementados cada vez mais nos modelos Volkswagen. Com a chegada da linha 2013, a Saveiro Cross passa a contar, de série, com freios ABS e airbags frontais para o motorista e passageiro. A versão aventureira da picape agora traz também como equipamento standard faróis com a função Coming & Leaving Home e, internamente, pedaleira em alumínio e inscrição "Cross", também em alumínio, na soleira interna das portas.
A ampliação da oferta de veículos com freios ABS e airbags de série é algo que tem se tornado comum na linha Volkswagen. No início do ano, esses sistemas de segurança passaram a ser equipamentos de série para os modelos Gol Power, Gol Rallye, Voyage Comfortline e SpaceFox Trend. Em 2011, junto com as atualizações visuais, a linha Polo Hatch e Sedan passou a contar com freios ABS e duplo airbag desde as versões de entrada.

Os freios ABS e o duplo airbag de série já estavam presentes em alguns modelos nacionais ou fabricados na Argentina, como a picape Amarok, o Golf, o Space Cross, o CrossFox, o Fox Prime e o SpaceFox Sportline. Além desses, toda a gama de modelos importados pela Volkswagen da Europa e América do Norte já conta com esses dispositivos, como os utilitários esportivos Touareg e Tiguan, o Passat Sedan e o Passat Variant, o Passat CC e todas as versões do Jetta.

A Saveiro Cross 2013 tem preço sugerido de R$ 49.220. A picape, que passou a contar com freios ABS e airbags de série - além de incorporar também pedaleiras e soleiras das portas de alumínio e faróis com função Coming & Leaving Home, que acende os faróis automaticamente ao entrar e sair do carro, iluminando a área ao redor do veículo - teve um acréscimo em seu preço normal de apenas R$ 1.540, um custo relativamente baixo se esses equipamentos fossem adquiridos separadamente ou se comparado aos preços de mercado.

A legislação brasileira prevê que até 2014 todos os automóveis de passageiros e comerciais leves vendidos no Brasil deverão contar com freios ABS e airbags frontais de série. A implantação nos modelos já existentes é gradual e, a partir de janeiro deste ano, deve incluir pelo menos 30% dos veículos de cada fabricante.


ABS: segurança ativa

O sistema de freios antibloqueio evita que uma ou mais rodas do carro travem durante a frenagem, mesmo em pisos molhados ou com índices de aderência diferentes entre um lado e outro do veículo. Desta forma, mesmo em frenagens fortes, o veículo mantém a trajetória e o motorista consegue fazer manobras de desvio capazes, muitas vezes, de evitar colisões graves.
Na chuva, o ABS reduz consideravelmente a distância necessária para parar o carro, comparado ao sistema de freios tradicional. A eficiência comprovada do sistema na redução do número de acidentes é atestada pela maioria das seguradoras: carros com ABS, em geral, têm desconto no valor do seguro.


Airbags: segurança passiva

Os airbags podem salvar vidas ou reduzir a gravidade dos ferimentos do motorista e do passageiro da frente em caso de colisões. As bolsas de ar são infladas em frações de segundo por sensores capazes de avaliar a desaceleração brusca do veículo, amortecendo o choque do corpo dos ocupantes contra o volante ou o painel do carro.


É importante lembrar que o airbag não substitui o cinto de segurança, que deve ser usado todo o tempo que o carro estiver em movimento. Em uma colisão, além de evitar que os usuários do carro sejam arremessados para fora, o cinto mantém os passageiros em seus lugares, fazendo com que a ação dos airbags seja mais efetiva


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »