03/02/2020 às 14h25min - Atualizada em 03/02/2020 às 16h03min

Guapé e Capitólio viram “points” de Minas Gerais

José Antônio da Silva Júnior, sócio-diretor e um dos idealizadores do Mangata Residencial, é uma das figuras mais ilustres e respeitadas do Sul de Minas Gerais, por fazer com que a região ganhe glamour e requinte em todo o País.
 
Enquanto Capitólio conquista turista por suas cachoeiras, o município ao lado, Guapé, ganha destaque por seus condomínios de alto padrão. E Júnior, como é conhecido, traz juntamente à sua empresa, a MC Empreendimentos, o mais novo negócio para o local, que tem atraído os endinheirados – inclusive muitos famosos – para disputar uma das casas de veraneio no condomínio de luxo.
 
Assim, o Sul de MG conquista uma fatia extensa e inédita no cenário da sofisticação. Anteriormente, quando se falava em luxo, os brasileiras pensavam em lugares como Jurerê Internacional (em Florianópolis/ SC) ou Trancoso (na Bahia), por exemplo. Porém, agora Guapé entra nesse circuito.
 
Júnior ressalta que o lugar é belíssimo e conta com várias atrações, como passeios de barcos, uma infinidade de cachoeiras, cânions, trilhas ecológicas, parques, serras, culinária local muito rica ‒ cafés, queijos e vinhos premiados internacionalmente, esportes náuticos, balonismo e haras consagrados, até por isso a região é conhecida como o berço da raça Mangalarga Machador.
 
“Assim, buscamos uma fatia do mercado muito exclusiva e que queira desfrutar das comodidades (tranquilidade, segurança e conforto) do Mangata Residencial sem abrir mão das atrações locais. O principal nicho do mercado é a classe A, que inclui artistas, grandes profissionais de destaque, esportistas e empresários. A localização geográfica do empreendimento possibilita o melhor dos dois mundos, proporcionando privacidade juntamente às experiências turísticas locais. Tanto que já há clientes reservas, porém, que exigem sigilo”, finaliza.

Serviço:

Mangata Residencial - @mangataresidencial

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »