22/01/2020 às 17h57min - Atualizada em 23/01/2020 às 00h00min

Quase 60% dos homens atendidos pelo SUS não frequentam o urologista

A pesquisa foi dirigida pelo Instituto Lado Bom da Vida, idealizador do Novembro Azul, e mostra que menos de 30% dos homens têm o hábito de ir ao urologista uma vez ao ano (mínimo recomendável).

DINO
https://www.wsibestinternet.com.br/

Os dados revelados durante a campanha Novembro Azul mostraram que 58% dos homens que fazem uso do Sistema Único de Saúde (SUS) não frequentam o urologista. O Novembro Azul, campanha nacional de conscientização sobre o câncer de próstata, realizou pesquisa para acompanhar os hábitos de saúde do homem brasileiro.

A pesquisa foi dirigida pelo Instituto Lado Bom da Vida, idealizador do Novembro Azul, e mostra que menos de 30% dos homens têm o hábito de ir ao urologista uma vez ao ano (mínimo recomendável).

Consulta com especialista em urologia é fundamental para se prevenir contra o câncer de próstata

O urologista é o único profissional apto a realizar exames clínicos e laboratoriais que confirmem o diagnóstico de doenças graves, como o câncer de próstata. A doença é a segunda mais presente entre os homens e chega a causar 15 mil mortes por ano. Apenas em 2018, foram quase 70 mil casos no Brasil (os dados são do Instituto Nacional do Câncer - INCA).

Apesar de grave, o câncer de próstata tem até 90% de chance de ser curado se detectado cedo, o que só reitera a importância do diagnóstico precoce, possível apenas para quem realiza consultas médicas e exames de rotina (o famoso check-up). A visita ao urologista é fundamental, principalmente para homens acima dos 45 anos de idade. Pessoas com histórico familiar devem iniciar o acompanhamento ainda antes, aos 40 anos.

A campanha Novembro Azul reforça que a ausência de informação e até mesmo o pré-conceito por parte da maioria dos homens fazem com que eles negligenciem os procedimentos médicos de rotina, que são simples, indolores e fundamentais para diagnosticar doenças.

Falta de acompanhamento deixa os homens deprimidos

O estudo encomendado pelo Novembro Azul ainda revelou que mais de 60% dos homens se sentem ansiosos, 46% se dizem tristes e 23% já acreditam estar em um quadro depressivo. Entre os homens com mais de 40 anos que já estiveram no SUS, mais da metade (51%) acha ser fundamental ir ao médico pelo menos uma vez ao ano, porém apenas 27% coloca a crença em prática.

Já entre os homens que utilizam sistemas privados de saúde, na mesma faixa etária dos 40 anos ou mais, metade concorda que ir ao médico é fundamental, pelo menos uma vez ao ano, e 44% deles vão. No total, o estudo entrevistou 2.405 homens durante o estudo.

Acompanhamento em urologia

O profissional especialista em urologia tem como responsabilidade cuidar do sistema reprodutor masculino, além de tratar problemas urinários em homens e mulheres. Apenas o urologista está apto a realizar exames de diagnóstico de doenças relacionadas ao trato urinário, como infecções e câncer.

Os homens devem procurar pelo médico com especialidade em urologia , ao menos, uma vez ao ano, a fim de realizar os exames preventivos. Esses exames são rápidos, indolores, e ajudam a verificar se há alterações na próstata (como as causadas pelo câncer). A saúde do homem depende dele mesmo e do acompanhamento com bons profissionais da área.



Website: https://www.wsibestinternet.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »