17/01/2020 às 12h45min - Atualizada em 17/01/2020 às 12h51min

Mercado de panificação cresce em inovação para atingir novas demandas

As marcas tradicionais se veem diante do desafio de se atualizar para atender às novas demandas dos consumidores, principalmente das gerações mais novas, ao passo que precisam lidar com o surgimento de novos estabelecimentos, mais modernos e tecnológicos.

DINO
https://www.praticabr.com/

Os empresários do setor de panificação enfrentam uma concorrência cada vez mais acirrada. Segundo levantamento da SEBRAE, atualmente no Brasil existem cerca de 63,2 mil empresas na área de panificação.

As marcas tradicionais se veem diante do desafio de se atualizar para atender às novas demandas dos consumidores, principalmente das gerações mais novas, ao passo que precisam lidar com o surgimento de novos estabelecimentos, mais modernos e tecnológicos.

Outro estudo, de 2018, realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP), afirma que 70% dos negócios reduziram a produção de pão francês, com a crescente procura dos clientes por produtos de panificação diferenciados. Se eles encontram sempre os mesmos produtos e o atendimento não é satisfatório, fatalmente eles buscarão novas padarias. Por isso, é essencial acompanhar as mudanças e conhecer quais práticas adotadas pelos concorrentes têm obtido bons efeitos.

Ambientes inovadores também são atrativos, principalmente para as gerações mais novas de clientes, nascidos após o ano 2000. As marcas tradicionais contaram, por muitos anos, com a reputação construída no mercado, mas isso não é suficiente para esses novos consumidores.

As padarias conceito, por exemplo, são estabelecimentos que oferecem mais do que pães franceses aos seus clientes. O foco é proporcionar uma experiência diferenciada, para que a pessoa possa fazer suas refeições com qualidade e conforto. Esse tipo de solução é mais personalizada e traz o que há de mais demandado pelo público do local. Em alguns, são montados espaços para lanches, almoços e jantares para pequenos grupos. Em outros, é incorporado um pequeno bistrô, para ambientar o lugar e criar um clima mais acolhedor.

É uma estratégia que aumenta a percepção de valor dos clientes, torna-os mais fiéis e possibilita a aplicação de margens maiores de lucro para o negócio.

Outra tática bastante interessante é o ponto quente, por meio da qual os produtos são assados nas vistas dos clientes. É bastante utilizado para alimentos como os pães de queijo, biscoitos, bolos e principalmente os pães franceses.

Além de ver os produtos sendo produzidos, os consumidores ainda sentem o cheiro deles com mais intensidade. São dois aspectos que aumentam o apetite e fazem com que eles acabem comprando mais produtos a cada visita.

Ao invés de se fabricar em grandes quantidades somente nos horários de pico, neste sistema é possível se fornecer pães frescos a todo momento, em quantidade menor, mas constante. Isto é possível graças a adoção do ultracongelador e seu processo de produção antecipada.

tecnologia é uma da principais responsáveis e facilitadoras da inovação. Nas padarias, ela está presente nos equipamentos da linha de produção, na gestão do negócio e também na parte de marketing e comunicação com os consumidores.

Uma das empresas coadjuvantes do sucesso dessas padarias é a Prática Klimaquip, que conta com produtos tecnológicos, desde fornos até ultracongeladores, que visam a produtividade e a qualidade dos alimentos, além de auxiliar em um catálogo com mais opções de produtos.

Os clientes podem manter um contato mais próximo por meio das redes sociais, como Facebook, Instagram e WhatsApp, além de fazerem pedidos por aplicativos de delivery.

Independentemente de quais medidas serão adotadas, o mais importante é saber que não dá para seguir oferecendo sempre os mesmos produtos e serviços e esperar que eles sejam suficientes para destacar uma empresa no mercado. O sucesso vem de entender as novas necessidades dos clientes e evoluir junto a eles.



Website: https://www.praticabr.com/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »