30/12/2019 às 17h15min - Atualizada em 30/12/2019 às 17h33min

Arte Despertar encerra 2019 com mais de 49 mil vidas impactadas

Pacientes e profissionais da saúde contam como a narração de histórias e a música transformam as suas experiências nos hospitais

DINO
http://www.artedespertar.org.br
Crédito: Stela Handa


A Arte Despertar encerra mais um ciclo do Projeto Promovendo Cultura nos Hospitais com um total de 49.087 mil pessoas impactadas, entre pacientes, acompanhantes e profissionais da saúde.

O objetivo principal é resgatar a autoestima do paciente, possibilitando que ele faça uma conexão com suas histórias de vida e ressignifique o momento pelo qual está passando.

Para que isso seja possível, uma dupla de arte-educadores percorre todas as alas dos hospitais com repertórios de narração de histórias e músicas para, especialmente pensados para o paciente se conectar ao seu lado saudável por meio de memórias positivas e marcantes.

"Quando o Arte Despertar entra no quarto, é como se eu saísse do hospital e esquecesse completamente que estou aqui dentro. Precisamos muito disso aqui", relata Maria de Fátima, paciente no INCor.

Os profissionais da saúde, por sua vez, são duplamente beneficiados, pois também conseguem ressignificar o momento vivido no hospital e melhorar a relação com os pacientes.

"O único som que ouvimos o dia todo é o ruído do monitor ou do ventilador. Então quando os arte-educadores chegam, melhora todo o clima e faz toda a diferença para o nosso dia", afirma Marcos Aparecido Tomasi Lopes, enfermeiro assistencial da UTI pediátrica do hospital Darcy Vargas.

Para a médica Maria Madalena Brizante, que atua na UTI Intensiva do Hospital Infantil Darcy Vargas, os efeitos são sentidos até mesmo pelos pacientes em estado grave.

"Você vê a diferença no tratamento. Se a criança está agitada, ela acalma. Se está triste, se alegra, canta. Mesmo as crianças que estão mais sedadas conseguem relaxar", relata.

Sobre o Projeto

O Projeto Promovendo Cultura nos Hospitais é realizado via Lei Rouanet com o patrocínio de pessoas físicas e das seguintes empresas: Aché, Barão Distribuidor, Bexs, CDF, Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, Drogaria São Paulo, Grupo Ultra, Nitro Química, Razzo, Socopa Corretora, Willis Towers Watson e Yakult.
As intervenções são realizadas duas vezes por semana, em dois períodos diferentes, em sete hospitais da capital paulista: Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (GRAACC), Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), Instituto Central do Hospital das Clínicas, Instituto do Coração (Incor), Santa Casa de São Paulo, Hospital Municipal Tide Setúbal e Hospital Infantil Darcy Vargas.



Website: http://www.artedespertar.org.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »